Economia - Jornal Novo Tempo

O Paraná foi o segundo Estado que mais investiu no exercício de 2017. Levantamento feito pela Secretaria de Estado da Fazenda com dados publicados pelas unidades da federação mostra que, em valores absolutos, apenas São Paulo destinou mais recursos para obras no ano passado.

Licitação garantiu diminuição no valor pago pelo serviço que continuará atendendo todas as linhas

Instituição financeira cooperativa lidera ranking do BNDES em liberação de crédito para agronegócio

Pesquisa realizada pela CNM (Confederação Nacional dos Municípios) apontou que, das 395 prefeituras consultadas, 220 vão pagar o 13º salário dos servidores municipais em parcela única (55,7% do total).

Municípios do interior do Estado conquistaram, em 2015, a participação recorde de 60,7% na formação do Produto Interno Bruto (PIB) do Paraná, de acordo com dados divulgados nesta quinta-feira (14/12) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e pelo Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico Social (Ipardes).

De acordo com dados da pesquisa do SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) e da CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas), o endividamento é o principal motivo do controle de gastos do brasileiro neste natal.

O motivo é a crise, que leva as pessoas a se endividarem menos

Empresas enquadradas no Programa Paraná Competitivo poderão utilizar em 2017 até R$ 100 milhões em créditos acumulados do Imposto Sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para aquisições de bens do ativo imobilizado, inclusive peças e partes de máquinas, e material destinado a investimentos no Estado.

Página 1 de 115
Top