A conquista da água

Ademar Traiano
O Brasil é o país com as maiores reservas de água do mundo, mas esse bem precioso é distribuído de forma desigual. Muitos brasileiros e paranaenses sequer dispõem de água em suas casas.


O governador Beto Richa, que sempre marcou sua ação administrativa pela preocupação social, vem atuando de forma vigorosa para equacionar o problema da água entre os mais humildes.

Na última terça-feira, Beto assinou convênios para a primeira etapa de implantação de sistemas de abastecimento de água que irão beneficiar 99 comunidades rurais de 96 municípios.

As localidades escolhidas apresentam Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) abaixo da média do Estado e o investimento nesse programa, em sua primeira fase, será de R$ 11,5 milhões. Vai beneficiar 20 mil pessoas. O programa completo prevê a construção de 480 sistemas de captação de água até 2014, a um custo estimado de R$ 58 milhões.

Cada unidade é composta pelo poço, a rede elétrica fornecida pela Copel e as bombas. Está orçado em R$ 185 mil. Desse total, o Estado entra com R$ 123,5 mil. A diferença fica a cargo das prefeituras, como contrapartida.

O programa aproveita o potencial dos aquíferos subterrâneos existentes no Paraná. Além de melhorar a qualidade da vida doméstica nas comunidades carentes, com o fornecimento de água de qualidade, os sistemas permitirão irrigar áreas de plantio e beneficiarão pequenos produtores de leite, frangos e suínos, facilitando a limpeza de equipamentos e garantindo o consumo animal.

Durante o lançamento do programa, o secretário da Agricultura e Abastecimento, Norberto Ortigara, lembrou que além de levar água aos agricultores e comunidades, o governo está adotando medidas em várias frentes para a aumentar a capacidade de armazenagem de água nas propriedades, por meio de programas de combate à erosão do solo e de proteção de nascentes de rios, de forma a garantir soluções duradouras.

O governador diz que o programa de abastecimento de comunidades rurais faz parte do seu plano de governo e sua execução foi antecipada para atender a um pedido de ajuda e tranquilizar os prefeitos e comunidades de municípios afetados pela estiagem. Segundo o governador, desde janeiro de 2011 o governo do Paraná tem adotado uma série de medidas importantes para melhorar a vida no campo. O sistema de água significa mais qualidade de vida ao meio rural e a possibilidade de modernizar a produção da agricultura familiar e das pequenas agroindústrias.

Contribuir para a conquista do direito a água para comunidades carentes é uma daquelas ações de governo que qualificam a presença do Estado e justificam um mandato.

*Ademar Traiano é deputado estadual pelo PSDB e líder do governo na Assembleia Legislativa.

Ler 1094 vezes
Entre para postar comentários
Top