Sexta, 29 Junho 2012 14:21

Raio X

Escrito por

Definição – Não passa de amanhã. Será o fim das especuilações. De domingo em diante, o eleitor terá quase certeza de quem serão os candidatos. Quase, porque depois de homologados em convenções, cujo prazo limite é amanhã, dia 30, os nomes terão que passar pelo crivo da Justiça Eleitoral. Os partidos tem até o dia 05 de julho para fazer o registro dos candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereadores e a Justiça, dirá então, se o candidato é merecedor do seu voto. A partier do dia 06, quem estiverm em dia, pode abrir a campanha eleitoral que vai até o dia 07 de outubro, dia da eleição. Então, na próxima semana, tudo será passado a limpo. Boa sorte aos candidatos e mais sorte ainda, para os eleitores, pois estarão escolhendo o futuro político e administrativo dos seus municípios, para os próximos quatro anos.


Ampére - No dia 23, o Partido Popular Socialista (PPS) e o Partido Socialista Brasileiro (PSB) realizaram suas convenções e anunciaram a primeira candidatura para concorrer ao executivo municipal, além da chapa de vereadores. Com a coligação “Renovação por Ampére”, os dois partidos indicaram Dirceu Sirtoli (PSB) para concorrer a prefeito e o vereador Dary Antonio Follman (PPS) como vice. Dirceu Sirtoli, que é professor do Estado e agricultor, disse que essa decisão só foi anunciada depois de um longo período de conversas. “Tivemos muitas reuniões e chegamos a esse consenso de ter o PSB na cabeça de chapa com o PPS na vice. Estamos oferecendo o novo para a população. Estamos em busca do diferente a os eleitores podem ter a certeza que vamos fazer a mudança na política de Ampére”. O presidente do PPS Dari Antonio Follman, indicado para vice, destacou que foi uma decisão tomada pelo bem da população. “O município precisa de pessoas novas na política e estamos oferecendo isso para os eleitores. O Dirceu é uma pessoa conhecida, nunca esteve na política e agora está com o nome para ser apreciado pela população”. Dari reforçou que a chapa para prefeito e vice está definida e não haverá mudança. Os dois partidos, que fizeram parte da coligação que elegeu Flavio Penso (PP) em 2008 para prefeito, também anunciaram a chapa de vereadores com 11 nomes. Pelo PPS: Eunice Potrick, Gilberto da Silveira Teles, Milton Azevedo Alves, Maria Dal Magro Follmam, Sirlei Votri e Marizete Lopes e pelo PSB: Claudecir Ramos Silva, Cleiton de Lourenssi, Leandro Castoldi, Cássio Dutkievig e Anderson de Medeiros.

Ampére 1 – Os demais 14 partidos constituídos em Ampére realizam suas convenções hoje e amanhã. O PDT faz sua convenção hoje, às 19h, na Câmara Municipal e deve definir pela candidatura do vereador Hélio Manuel Alves, a prefeito. No mesmo horário, na sede social da Notável, ocorre o encontro do PSC e no Centro Social do Bairro São Francisco, do PT. Na sede social da Associação Comercial estarão reunidos a partir das 19h30, o PP, PSDB, PR, DEM, PSD e PTB. Amanhã, às 08h o PMDB estará reunido na Câmara de Vereadores. No mesmo local, às 16h, é a vez do PV. Já à noite, às 19h30 realizam seus encontros o PSL, PMN e PC do B, em uma residência no centro da cidade. Fonte: Julio Cesar Alves

Renascença - As convenções municipais do PT, PP, PR, PPS, DEM, PDT e PMDB de Renascença, dia 23, confirmaram a coligação às eleições de outubro com o lançamento da candidatura do Padre Lessir Bortuli, filiado ao PT e já desvinculado da Paróquia Cristo Rei, e do empresário Idalir Zanella (PP), atual vice-prefeito e candidato à mesma vaga, na coligação "A hora é agora". Lessir foi prefeito de Dois Vizinhos de 2001 a 2008, quando estava filiado no PMDB. Lessir deve enfrentar o vereador Charles Werner (PSD) que terá o apoio do prefeito José Kresteniuk (PSDB).
 
Igreja Católica - Em relação à Igreja Católica, que no Brasil aprovou recomendação para que os sacerdotes não disputem cargos eletivos, e a ameaça do bispo da Diocese de Palmas-Francisco Beltrão, Dom José Antônio Peruzzo, de suspender o ministério presbiteral daqueles que entrarem na política, Padre Lessir observou, apenas, que “o bispo tem toda a liberdade pra dar uma licença, uma suspensão, uma excomunhão, qualquer coisa, o bispo tem poder absoluto, incontestável”.

Salto do Lontra - O PSL – Partido Social Liberal foi o primeiro a realizar convenção em Salto do Lontra visando as eleições municipais de outubro de 2012. Foi segunda-feira, 25, no Quiosque Segima, localizado no Parque Municipal. Após a discussão dos assuntos em pauta ficou definido que o PSL terá um candidato a vereador: Marcio Maria, cujo nome foi aprovado por unanimidade dos convencionais. Além disso, a ATA ficou aberta para possíveis coligações nas eleições, majoritária (prefeito e vice) e proporcional (vereador). O PV fará sua convenção hoje, dia 29, pela manhã na Câmara de Vereadores; Os demais farão amanhã, sábado, dia 30: PT – No Clube de Idosos Paraíso da Terceira Idade; PSC – No Clube de Idosos Renascer; PMN e PR - Na Associação Comercial e Empresarial (ACESLO); PTB, PPS, PCdoB, PRP, PSB, PDT, PRB, e PMDB – Na Câmara de Vereadores; PSD, DEM, PP, e PSDB – No Clube SERJL.

Planalto - O PMDB de Planalto apresentou a seus filiados o nome do ex-prefeito Nilo Lucietto como pré-candidato do partido às eleições de outubro. Nilo foi vereador de 1977 a 82 e reeleito e em 1985 as capitais e municípios considerados de “segurança nacional” (como Planalto) tiveram eleição para prefeito. Nilo foi escolhido pelo partido e venceu. Em 1992 ele foi candidato e venceu novamente. Nilo deve ser candidato pelo PMDB coligado com PSC, PR, DEM e PSDB”, informa nota distribuída para a imprensa. O prefeito Marlon Khun (PDT) será candidato à reeleição, tendo o PT como vice. Marlon foi vice de Nelson Luersen (PDT) na eleição de 2008. Em 2010, Luersen renunciou para se candidatar a deputado (se elegeu) e Marlon assumiu. As convenções do PDT, PT, PP, PTB e PPS estão marcadas para hoje, às 17h, na Escola Laúdio Afonso Heinen e devem definir Marlon Khun (PDT) como candidato a prefeito e Ademar Fray (PT) como candidato a vice-prefeito.

Realeza - Várias ruas estão recebendo pavimentação asfáltica em Realeza. Os trabalhos iniciaram nesta semana pelas principais vias no Centro do município. Estão sendo investidos aproximadamente R$ 250.000, com recursos próprios da administração municipal. Também serão pavimentadas ruas que possuem calçamentos e recapeadas algumas que já possuem asfalto. Algumas vias também receberão redutores de velocidades (faixas elevadas).
Pato Branco - O governador do Estado Beto Richa acabou com a incerteza que existia sobre o candidato a prefeito do grupo da situação em Pato Branco e confirmou o deputado estadual Augustinho Zucchi (PDT) como pré-candidato. Também confirmou que o vice será do seu partido, o PSDB, mas que o nome ainda não está definido e deve ser anunciado na convenção de hoje, dia 29. Estão no páreo o atual vice-prefeito, Daniel Cattani e o agropecuarista Ivo Polo. Zucchi deve contar com os partidos PDT, PSDB, PSD, PTB, PP, PPS, PSB, DEM, PR, PV, PTC, PSC, PTN, PHS e PT do B. Pela oposição, foi anunciado como pré-candidato a prefeito o vereador Willian Machado do PMDB, e como vice Irineu Ferraz (PT).
 
Ressarcimento - O concurso público da ARSS (Associação Regional de Saúde do Sudoeste), que teve mais de 800 inscritos, está anulado. As provas foram feitas no final de maio, porém o resultado ainda não havia sido divulgado. A prova foi feita pela DP Consultoria, de Franciosco Beltrão. A empresa junto com outras pelo Brasil afora, apareceu numa reportagem do Fantástico da Rede Globo, apontada como suspeita de corrupção. A direção da ARSS irá devolver o dinheiro aos inscritos e em breve, convocar novo concurso.

Muro das lamentações – Após as definições das convenções, onde poucos partidos disputam a eleição sozinhos, a maioria o faz com coligações, pois vale espírito de equipe, horário de rádio e aglutinação de correligionários em busca da conquista dos votos. Ficam os resquícios dos que foram expurgados do embate. Cria-se agora, o muro das lamentações. O choro, por não estar na disputa e a dúvida por pelo menos quatro anos, se realmente, tinha os votos que contabilizava. Há além do choro, a ingratidão, o que pode custar histórico de trabalho e até amizades. São coisas que a política produz. Tomara que sejam temporárias.

Francisco Beltrão - Depois da desistência do prefeito Wilmar Reichembach de concorrer à releição, a coligação Novo Milênio deve confirmar o ex-prefeito Vilmar Cordasso (PP) como candidato a prefeito e promover um duro embate para definir o vice-prefeito na coligação, vito que vários partidos tem interesse na indicação. O PSDB acredita que é candidarto nato à vaga, pois abre mão da vaga de prefeito. O PMN havia definido candidatura a prefeito, mas agora com o Cordasso, pleiteia a vice. PDT, PTB e PV também entraram na briga. O atual vice, Antônio Carlos Bonetti (PP), também luta pela vaga e tentar concorrer pela reeleição.

Ler 975 vezes
Entre para postar comentários
Top