Quarta, 22 Mai 2013 16:24

Raio-X

Escrito por

Seriedade de férias - O Supremo Tribunal Federal (STF) reproduz hábitos que costumam ser questionados em outros poderes sobre o uso de recursos públicos para despesas com passagens aéreas. Levantamento feito pelo Estado com base em dados oficiais publicados no site da Corte, conforme determina a Lei de Acesso à Informação, mostra que ministros usaram estes recursos, no período entre 2009 e 2012, para realizar voos internacionais com suas mulheres, viagens durante o período de férias no Judiciário, chamado de recesso forense, e de retorno para seus Estados de origem. O total gasto em passagens para ministros do STF e suas mulheres em quatro anos foi de R$ 2,2 milhões - a Corte informou não ter sistematizado os dados de anos anteriores. A maior parte (R$ 1,5 milhão) foi usada para viagens internacionais. De 2009 a 2012, o Supremo destinou R$ 608 mil para a compra de bilhetes aéreos para as esposas de cinco ministros: Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski - ainda integrantes da Corte -, além de Carlos Ayres Britto, Cezar Peluso e Eros Grau, hoje aposentados. O pagamento de passagens aéreas a dependentes de ministros é permitido, em viagens internacionais, por uma resolução de 2010, baseada em julgamento de um processo administrativo no ano anterior. O ato diz que as passagens devem ser de primeira classe e que esse tipo de despesa deve ser arcado pela Corte quando a presença do parente for "indispensável" para o evento do qual o ministro participará. No entanto, o Supremo afirma que, quando o ministro viaja ao exterior representando a Corte, não precisa dar justificativa para ser acompanhado da mulher. No período divulgado pelo STF, de 2009 a 2012, as mulheres dos cinco ministros e ex-ministros mencionados realizaram 39 viagens. Dessas, 31 foram para o exterior. As passagens incluem destinos famosos na Europa, como Veneza (Itália), Paris (França), Lisboa (Paris) e Moscou (Rússia), e Washington, nos Estados Unidos. A lista também inclui cidades na África - Cairo (Egito) e Cidade do Cabo (África do Sul) - e na Ásia (a indiana Nova Délhi e Pequim, na China).

 

Somos vigiados - O governo federal pode, sim, ter acesso a dados que cidadãos cederam a empresas. Mais que isso: um órgão estatal pode conseguir informações que foram apuradas por outra entidade do Estado, com finalidade diferente. As conclusões são do professor de direito Bruno Magrani, da FGV-RJ. Ele é o autor do capítulo brasileiro em um estudo que mapeia maneiras pelas quais governos de todo o mundo conseguem acesso a dados particulares em poder de empresas. A pesquisa foi coordenada pelo Center for Democracy and Technology, com sede em Washington, e será publicada como livro neste mês. Haverá capítulos sobre Alemanha, Canadá, China, EUA, Israel e Reino Unido, entre outros. Foram identificados dois principais modos pelos quais o Estado tem acesso sistemático a dados do setor privado. Por meio da Anatel, que, com acesso em tempo real a dados das operadoras de celular, é tecnicamente capaz de saber quem ligou para quem e quanto tempo durou cada telefonema. E por meio de acordos entre entidades públicas, como a Polícia Federal e o Ministério Público, e empresas, como o Facebook e o Google. Esse tipo de acordo tem o objetivo de acelerar processos.

 

Pérola D’Oeste – Duas pessoas morreram domingo, 19, às 16h30, após capotar um veículo na BR 163, em Pérola D’Oeste. O acidente envolveu um Fiat Pálio, com placa de Planalto que capotou depois que o condutor perdeu o controle da direção no trevo de acesso a Pérola D’Oeste. Testemunhas afirmaram que um veículo atravessou o trevo. Para evitar a colisão, o motorista do pálio saiu da pista e capotou. Os corpos ficaram presos nas ferragens. As vítimas foram identificadas como Jovino Kotalki, 55 anos, e José Brosko, 58 anos.

 

Santo Antônio do Sudoeste - Um rapaz acusado por furto de veículo foi preso pela Polícia Militar na madrugada de domingo (19), em Santo Antonio do Sudoeste. Marcos Maciel, 24 anos, foi flagrado andando com um Corcel, que havia sido furtado na cidade. A localização do veículo e do suspeito aconteceu na Vila Aurora. Marcos foi encaminhado à Delegacia de Polícia e declarou que usou uma chave mixa para abrir o veículo.

 

Renascença - O motorista de um Fiat Siena, com placa de Jaraguá do Sul (SC), morreu após se envolver num grave acidente domingo (19). Ele bateu de frente com um microônibus, com placa de São Lourenço D’Oeste (SC), que seguia sentido Renascença - Pato Branco. O motorista do carro foi identificado como Adelino Novack. O corpo ficou preso nas ferragens. No coletivo viajavam oito pessoas e o motorista Fernando Valden. Apesar dos danos e do susto, ninguém se feriu. O local do acidente conta com três pistas. Usuários da rodovia contaram que o veículo saiu da sua pista normal, invadiu a segunda e a terceira batendo frontalmente.

 

Salgado Filho – Agricultor denuncia maus tratos por funcionário público que trabalha no Posto de Saúde. Ele havia se dirigido para Francisco Beltrão para realizar exames e ao retornar a Salgado Filho, chovia muito e devido aos problemas de saúde, se dirigiu ao Posto de Saúde para solicitar que fosse conduzido para casa, distante 9 Km da cidade. O agricultor, em entrevista à Rádio Verde Vale disse que foi mal tratado pelo funcionário que o atendeu e desafiado a ir para a Rádio e fazer a denúncia.

 

Bela Vista da Caroba – O vereador José Carlos Batista (PMDB) teve sua eleição ratificada pelo TRE – Tribunal Regional Eleitoral do Paraná que julgou improcedente o pedido de cassação de registro e de diploma feito pela coligação Unidos Por Bela Vista. O julgamento ocorreu no dia 07 de maio de 2013, tendo o serviço profissional dos advogados Iglênio e Roberson Schwerz e assim, o vereador continua exercendo o mandato conquistado junto aos eleitores belavistenses.

 

Educação Financeira – Não se sabe quantas horas os alunos terão que estudar por dia e quantos professores serão necessários e muito menos, se tem profissional ou como serão contratados. Mas a ciranda de projetos continua. Mais um projeto de lei tramita no Congresso Nacional (entre tantos), e este é para incluir oficialmente a educação financeira no currículo escolar nos ensinos fundamental e médio. O projeto propõe que o tema integre o currículo de matemática. Especialistas no assunto, no entanto, defendem que a educação financeira seja trabalhada de forma transversal, incluída em diversas disciplinas. Em tramitação desde 2009, o Projeto de Lei Nº 171/09, apresentado na Câmara dos Deputados, está na Comissão de Educação do Senado e aguarda para entrar na pauta. Há também uma iniciativa do governo federal que, em 2010, publicou decreto instituindo a Estratégia Nacional de Educação Financeira (Enef). A partir da estratégica, foi implantado um projeto piloto em escolas públicas e os resultados foram avaliados de forma positiva em 2011. Um dos desdobramentos da experiência foi a instalação de um grupo de apoio pedagógico que, de acordo com o Ministério da Educação, discute a validação de materiais pedagógicos de educação financeira elaborados para os nove anos do ensino fundamental e também para o ensino médio. 

 

Francisco Beltrão - O ex-prefeito de Francisco Beltrão Wilmar Reichembach confirmou sua saída do PSDB e aderiu ao PSC. Reichembach tem na biografia oito anos como vereador (1993-2000), oito anos como vice-prefeito (2001-08) e quatro anos como titular do Executivo Beltronense (2009-12). Na quinta-feira, 16, a executiva do PSC se reuniu para receber Reichembach. O PSC tem em suas fileiras, o secretário estadual Ratinho Júnior (Desenvolvimento Urbano) — deputado federal licenciado e presidente estadual da legenda. Reichembach deseja se candidatar a deputado estadual em 2014. O sudoeste terá vários nomes novos na disputa eleitoral do ano que vem, visando vagas na Assembleia Legislativa e na Câmara Federal. Além dos atuais deputados: Nelson Luersen (PDT), Caito Quintana (PMDB), Ademar Traiano (PSDB) e Luciana Rafagnin (PT), entram na disputa: Wilmar Reichembach (PSC), Paulo Litro (PSDB), Eduardo Gaievski (PT), Varlei Frizzo (partido ainda indefinido), Guto Silva (DEM). Rose Litro (PSDB) e Augustinho Zucchi (PDT) não disputarão o pleito. Rose dará lugar para Paulo Litro e Zucchi foi eleito prefeito de Pato Branco. Para a Câmara Federal, além de Nelson Meurer (PP) e Assis do Couto (PT), a região terá como certo, o nome de Edson Casagrande (DEM) na corrida eleitoral. Outros nomes ainda surgirão nos meses que faltam para as definições de composições partidárias.

 

Planalto - A Polícia Rodoviária Federal apreendeu na BR 163, em Planalto, 29 vidros de palmito em conserva, sem rótulo. A carga estava em um Classic, placas de Francisco Beltrão. Segundo a polícia, o palmito foi extraído ilegalmente no Parque Nacional do Iguaçu. A multa aplicada é de R$ 300,00 por árvore de palmito derrubada. Se for em área de preservação, o valor dobra. De cada árvore é possível produzir somente um vidro. A ocorrência de crime ambiental foi encaminhada a delegacia de Capanema.

 

Enéas Marques - A família Correa, que mora na comunidade de Lajeado Bonito, em Eneas Marques, pode ser considerada um exemplo de empreendedorismo rural. Valdir Correa e os filhos Roque e Isaque produzem hoje cerca de 35 mil vassouras de palha por ano. Eles têm uma fábrica completa na propriedade, o processo começa no plantio do grão, ainda em setembro, e termina somente na comercialização do produto, que é entregue a supermercados ou repassadores. Tem trabalho para o ano todo, eles se dedicam à atividade seis dias por semana.

 

Cadeia produtiva do leite - Os princípios de gestão de agroindústrias italianas, a relação na cadeia produtiva entre fornecedores, produtores, setores públicos e privados, na produção de queijos no país europeu, reuniram produtores, técnicos e empreendedores da região sudoeste do Paraná na segunda-feira, 20, em Francisco Beltrão para um workshop “A Cadeia Produtiva do Leite na Itália” realizado na Agência de Desenvolvimento Regional do Sudoeste, tendo como conferencista o especialista italiano Giulio Benvenuti que contou a experiência que fez dos italianos referência mundial na agregação de valor em produtos como queijos. “A região sudoeste paranaense passa por um momento de melhoria e avanços nos processos de produção e inovação para as agroindústrias. Por isso, é importante conhecer a experiência italiana que é bem-sucedida, que pode ser uma aprendizado para a região, trazendo informações para a nossa realidade”, projeta Nézio José da Silva, consultor do Sebrae/PR. Hoje, no Sudoeste, estima-se que existem mais de 50 agroindústrias que trabalham com a transformação do leite. 

 

 

 

 

Ler 892 vezes
Mais nesta categoria: « Raio-x Raio-X »
Entre para postar comentários
Top