Final de semana trágico nas rodovias do Sudoeste
Solange Maciel/PPnews

Jovens perdem a vida e aumentam as estatísticas negativas

A Polícia Rodoviária que atende a área da 6ª Cia BPRv de Pato Branco registrou neste ano de 2015, até a meia noite de domingo, 12, um total de 310 acidentes nas rodovias do sudoeste do Paraná que resultaram em 22 vítimas fatais e 263 feridos que foram atendidos em casas hospitalares da região depois de serem socorridas pelo Samu, em ações conjuntas com o Corpo de Bombeiros e Polícia Rodoviária. Algumas destas vítimas, vieram a morrer depois de socorridas, o que aumenta o número de mortos em acidentes na região.

O final de semana, de sexta-feira a domingo, foi de muitos acidentes e que resultaram em quatro vítimas fatais e várias pessoas feridas, algumas delas, com gravidade.

O acidente de maiores proporções, em se tratando de vidas humanas, foi registrado na madrugada de domingo pelo Posto da Polícia Rodoviária de Francisco Beltrão, por volta das 03h20, na rodovia PR 180, no contorno leste, próximo ao Hospital Regional, do tipo capotamento de veículo Brava, placas LCY-2132, de Francisco Beltrão conduzido por Leandro Antônio Vipieski Mendes, de 25 anos, que morreu carbonizado entre as ferragens do veículo que pegou fogo.

Além do condutor, mais duas vítimas fatais neste acidente: Vânia Fátima Loch, 17 anos e Dara Cristina Antunes de Oliveira de Quadros, 16 anos, ambas foram ejetadas do veículo. O passageiro Jairo Krug de Camargo, 17 anos, com ferimentos graves, foi socorrido pelo Samu e conduzido para o Hospital Regional de Francisco Beltrão.

No sábado, 11, a Polícia Rodoviária atendeu a ocorrência com vítima fatal, no trecho entre Renascença e Campo Erê onde um acidente do tipo tombamento de uma Moto CG 150, vitimou fatalmente, Vanderson Vieira dos Santos, 34 anos.

 

Taxista é morto em Realeza

O taxista Manoel Crescêncio Cardoso, popular Maneco, 72 anos, foi vítima de latrocínio (roubo seguido de morte), na noite de sábado (11), em Realeza. As Polícias Militar e Civil informaram que um homem solicitou uma "corrida" no ponto de táxi, na Rodoviária de Realeza, por volta das 20h30, e durante o trajeto surpreendeu o taxista com o assalto.

Minutos após, populares localizaram o táxi, um automóvel VW Voyage, cinza, placas de Realeza, em uma estrada rural, próximo da Comunidade Linha Capanema e rodovia PR 281. O taxista estava ferido dentro do veículo, no banco do motorista. Ele foi alvejado no braço direito com um disparo de arma de fogo. Familiares informaram que o taxista tinha uma quantia em dinheiro e que pode ter sido roubada, já que junto ao corpo, não havia dinheiro.

Os moradores acionaram o SAMU e Defesa Civil. Maneco chegou a ser socorrido, mas não resistiu e morreu durante o encaminhamento ao Pronto Atendimento Municipal de Realeza. Seu corpo foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Francisco Beltrão.

Policiais estão investigando para identificar o suspeito do crime e estão sendo utilizadas imagens de câmaras instaladas na Rodoviária Municipal e proximidades.

No ano passado, o taxista havia sido vítima de roubo, quando um adolescente roubou seu táxi e acabou se envolvendo em acidente no centro de Francisco Beltrão.

Ler 864 vezes

Itens relacionados (por marcador)

Entre para postar comentários
Top