Inter vence, se aproxima do Corinthians e afunda o Vasco
Deu a lógica no confronto entre o time que briga pelo título contra a equipe que luta para não ser rebaixada. O Internacional venceu o Vasco por 3x1, no estádio Beira-Rio e diminuiu a vantagem do líder Corinthians, que empatou com o Palmeiras no clássico paulista. Com o resultado, o time gaúcho passou a somar 56 pontos e ficou a sete do líder (Inter e Corinthians têm 31 jogos).
De quebra, os comandados de Muricy Ramalho recuperaram a terceira posição, que haviam perdido para o Fluminense na véspera. Apesar de alguns sustos, o Internacional foi superior em toda a partida e poderia até ter definido o jogo no primeiro tempo, quando acertou duas vezes a trave do Vasco. Dominado, o time carioca chegou algumas vezes, em jogadas de contra-ataque. O destaque da equipe gaúcha foi o atacante Rafael Sóbis, que marcou dois dos três gols da vitória, um em cada tempo, e chegou a 16 na briga pela artilharia. Alex Dias, que divide a liderança dessa disputa com Róbson, do Paysandu, com 19 gols, passou em branco. "Este era um jogo decisivo. Sabíamos das dificuldades que teríamos pela frente. Ainda bem que consegui aproveitar bem as oportunidades que eu tive, colocando a bola para o fundo das redes", declarou Rafael Sobis, ao deixar o gramado. O Inter confirmou a boa fase que atravessa. A última derrota da equipe aconteceu há mais de dois meses, quando perdeu para o Palmeiras por 3x2 no dia 13 de agosto. Desde então, o time gaúcho jogou 15 partidas, das quais venceu nove e empatou seis. Para o Vasco, a derrota deste domingo foi trágica. A equipe carioca não conseguiu fugir da zona de rebaixamento e, no dia anterior, ainda viu seus adversários diretos na briga contra o descenso vencerem. Com 33 pontos, a mesma pontuação do Figueirense, o time caiu para a 20ª colocação porque perde para o time catarinense no saldo de gols. Brasiliense e Paysandu, respectivamente último e penúltimo colocados, estão com 32 pontos e vêm logo atrás. Com mais esse resultado negativo, o Vasco aumentou para oito o número de jogos que está sem vencer. Outro dado negativo foi acentuado. Com os três gols sofridos, o time carioca tem a pior defesa da competição, com 71 gols sofridos. Mesmo assim, o técnico Renato Gaúcho culpou a arbitragem pela derrota. "De vez em quando, tudo bem, mas a toda hora acontecem erros. Contra o Figueirense foi uma vergonha e hoje aconteceu de novo. Só erram contra o Vasco? Não dá pra aturar e desse jeito vira esculhambação", disparou o treinador vascaíno. Nesta quarta-feira, o Vasco tentará se recuperar em um clássico carioca contra um adversário que vem de sete jogos sem vencer. O time de Renato Gaúcho enfrentará o Botafogo, em partida remarcada da terceira rodada. O confronto será às 20h30, em São Januário. O Internacional tentará levar a boa fase no Campeonato Brasileiro para a Copa Sul-Americana. Os comandados de Muricy Ramalho enfrentarão, nesta quarta-feira, o Boca Juniors, pelo primeiro jogo das quartas-de-final da competição. Pelo Brasileirão, o Inter só volta a campo no próximo sábado, às 16h, contra o Juventude, em Caxias do Sul.
Ler 702 vezes
Entre para postar comentários
Top