Prefeitos querem audiência com secretário sobre Hospital São Francisco
Contas entre comissão de saúde e direção do São Francisco não fecham Assessoria

Assessoria

Uma audiência com o secretario de Estado da Saúde Michele Caputo Neto nesta próxima semana deve ser decisiva para as negociações finais entre os municípios da microrregião de Francisco Beltrão e a direção do Hospital São Francisco sobre o atendimento pelo SUS.

 

A decisão foi tomada na quarta-feira (29) em encontro envolvendo lideranças que representam a saúde na região.

Durante o encontro a questão que envolve a possibilidade de descredenciamento junto ao SUS por parte do hospital São Francisco foi bastante discutida sem uma posição final. Agora a comissão quer maior comprometimento do Estado para fechar acordo com direção do hospital. Entre os itens que barram o entendimento está o incremento nos valores repassados mensalmente ao hospital para fazer o atendimento dos pacientes e solicitação de alguns aparelhos. A direção do hospital entende que o volume é pouco, e por outro lado os prefeitos têm dificuldade em aumentar o repasse.

Para a audiência serão levadas informações obtidas no atendimento da microrregião de Francisco Beltrão, assim como da microrregião de Pato Branco e de outras regionais. Vão compor a comissão prefeitos e vereadores da AcamsopM13, técnicos da 7ª e 8ª regional de saúde, assim como representantes do Cresems, ARSS e secretários municipais de saúde.

O presidente da comissão de saúde da Amsop, prefeito de Bom Jesus do Sul, Cezar Bueno explica que a questão vem sendo discutida há algum tempo. “No dia 9 de abril enviamos proposta com aval do Ministério Público e após análise da direção tivemos essa contraproposta no dia 15 de abril. Agora vamos para audiência com secretário e após teremos um outro encontro decisivo aqui na Amsop sobre essa questão”, adiantou Bueno.

Neste encontro serão convidadas a comissão de saúde da Amsop e Acamsop, diretores e sócios do hospital São Francisco, além de coordenadores do Cresems, ARSS, Ministério Público e lideranças de saúde na região.

Ler 842 vezes

Itens relacionados (por marcador)

  • TRE recebe a inscrição de 121 candidatos a prefeito e vice-prefeitos nos 42 municípios do Sudoeste

    2.839 candidatos a vereador por 25 partidos estão inscritos no TRE para concorrer as eleições proporcionais no Sudoeste.

  • Prefeituras receberam quase R$ 20 milhões a menos em ICMS no semestre

    Gestores estão cortando despesas para enfrentar momento de crise nas contas públicas.

     

    Da assessoria/Amsop

    Apesar do aumento nos repasses de ICMS às prefeituras da região em junho, o primeiro semestre do ano terminou com queda de R$ 19,6 milhões nas transferências do imposto. Os meses com pior resultado foram abril e maio, quando a redução foi de 33% e 40%, reflexo da redução da atividade econômica em função das medidas de combate ao coronavírus.

     

    Os repasses de ICMS aos 42 municípios do Sudoeste totalizou R$ 261 milhões entre janeiro e junho deste ano, valor menor que os R$ 280 milhões do mesmo período de 2019, segundo levantamento feito pela Amsop (Associação dos Municípios do Sudoeste do Paraná). E as transferências do imposto são apenas uma das que as prefeituras recebem do governo do Estado e Federal para custear despesas e realizar investimentos e que também foram afetadas. A arrecadação própria dos municípios (com IPTU, ITBI, ISS...) foi reduzida.

     

    A União está complementando parte do FPM e aprovou o repasse de dois auxílios emergenciais a estados e municípios, mas somente uma parte destes recursos chegou às prefeituras.

     

    Corte de gastos e cumprimento das obrigações

  • Sudoeste do Paraná tem mais de 481 mil eleitores

    A Justiça Eleitoral divulgou dados referentes ao mês de maio de eleitores que já estão aptos a votar nas eleições municipais de 2020.

  • SAMU Sudoeste abre inscrição para concurso público para 56 vagas

    O Consórcio Intermunicipal da Rede de Urgências do Sudoeste do Paraná (CIRUSPAR) vai abrir inscrições para Concurso Público no regime celetista, para contratação de 55 vagas e cadastro de reserva, do seu quadro de pessoal.

  • Engenheiros Químicos formados no Sudoeste podem mudar status econômico da região

    Primeiros graduados na UTFPR de Francisco Beltrão, em março passado, estão trabalhando para indústrias sudoestinas na transformação de produtos com valor agregado

Entre para postar comentários
Top