Semana começa com notícias bravas para Lula
Divulgação

Presença da PF em escritório do filho e pesquisa do Ibope balançaram a solidez de Lula

A semana começa com péssimas notícias para o ex-presidente Lula, até então, tido como unanimidade para retornar a governar o Brasil. Na manhã de onte, duas notícias foram bombásticas na imprensa nacional. A primeira, ao amanhecer, de que a Polícia Federal fez buscas e apreensões no escritório de seu filho. Depois, a divulgação de dados da pesquisa Ibope que o coloca na liderança de rejeição.
Pesquisa Ibope, divulgada na segunda-feira pelo jornal “O Estado de S. Paulo”, revela que a rejeição ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva aumentou. Segundo o levantamento, o percentual daqueles que dizem que não votariam de jeito nenhum em Lula aumentou de 33% (maio de 2014) para 55%. O índice dos que votariam no ex-presidente em 2018 é de 23%. Em maio do ano passado, o percentual de possíveis eleitores era de 33%.
O levantamento, realizado entre os dias 17 e 21 de outubro, pesquisou o potencial de voto de alguns dos principais políticos que podem vir a disputar a presidência da República em 2018.

O Ibope também testou os nomes dos tucanos Aécio Neves, Geraldo Alckmin e José Serra, além de Marina Silva (Rede) e Ciro Gomes (PDT). A rejeição a Lula foi a maior entre todos os nomes testados. Mas os outros nomes também apresentam aumento na rejeição. De acordo com o Ibope, cresceu o percentual dos que não votariam de jeito nenhum em Aécio (de 42% para 47% em um ano), em Marina (de 31% para 50% em um ano) e em Serra (de 47% para 54% em dois anos). Não há comparativo para a rejeição a Alckmin e a Ciro Gomes, ambos com rejeição de 52%.

Apesar da rejeição, o índice dos que votariam em Lula é maior do que a dos adversários: 23%. Aécio Neves aparece com 15%, seguidopor Marina, com 11%. Serra tem 8%, Alckmin tem 7% e Ciro, 4%.

Ainda segundo o Ibope, na soma de eleitores que votariam com certeza ou poderiam votar, há empate técnico entre Aécio (42%), Lula (41%) e Marina (39%). Serra e Alckmin ficam, respectivamente, com 32% e 30%. Ciro aparece com 20%.

Lula é o mais conhecido entre os políticos, já que apenas 2% o desconhecem. Ciro é o mais desconhecido, por 24% dos eleitores. E 19% não conhecem Alckmin. O percentual sobre Aécio chega a 9% e para Marina, 10%. No caso de Serra, 11% o desconhecem.

As taxas não somam 100% porque um eleitor pode apontar que votaria em mais de um candidato ou que não votaria em nenhum deles.

Ler 642 vezes

Itens relacionados (por marcador)

  • RAIO X

    Armamentos

  • SEMANA PEDAGÓGICA: Professores passam por alfabetização e letramento (método das boquinhas)

    A equipe da Secretaria de Educação e professores da Rede Municipal de Ensino de Santa Izabel do Oeste retornaram das férias de fim de ano e na abertura do ano letivo, que se dará hoje, iniciaram a semana passando por atividades de formação com o foco está na alfabetização e letramento (método das boquinhas) com a pedagoga Leandra Falcão e de planejamento com a equipe pedagógica.

  • Semana da Leitura atrai crianças e famílias

    Começou na segunda-feira (10) e prossegue até amanhã, sexta-feira (14), no Teatro da Unisep, a Semana da Leitura de Francisco Beltrão, promovida e organizada pela administração municipal, por meio da secretaria municipal de Educação e Cultura. Participam os alunos dos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) e das escolas municipais. Neste ano o evento tem como tema “Em cada leitura uma viagem”.

  • Lula chega a 39%, aponta Datafolha. Sem ele, Bolsonaro lidera

    Redação com agências

    Pesquisa Datafolha divulgada na quarta-feira (22) apontou os percentuais de intenção de voto para presidente da República em dois cenários com candidatos diferentes do PT – o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no primeiro cenário e o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad no segundo.

  • Semana Pedagógica recebe espetáculo de Stand-up Comedy

    Na quinta-feira, 15 de fevereiro, foi realizado no Centro Cultural Monsenhor Cestilio José Miotto, em Santa Izabel do Oeste, o espetáculo de Stand-up Comedy "Badin Um Colono Na Cidade", interpretado pelo ator Eduardo Gustavo Christ.

Entre para postar comentários
Top