24º Congresso Adjori/PR debate criação de rede de notícias
Adjori/pr

No evento, o presidente Adjori/PR, Nilton Pabis, explicou que a criação deste cluster de notícias é uma tendência mundial, que já é realidade no Paraná, a exemplo da experiência de Santa Catarina

 

A reinvenção dos jornais do interior do Paraná, por meio do associativismo e a criação de uma rede multiplataforma de produção e distribuição de conteúdos foram destaque na abertura do 24º Congresso Adjori Paraná, que aconteceu na sexta-feira (20), em Foz do Iguaçu, no Paraná. A iniciativa ganha força, congregando 54 veículos em mais 200 municípios com abrangência e representatividade estadual.


No evento, o presidente Adjori/PR, Nilton Pabis, explicou que a criação deste cluster de notícias é uma tendência mundial, que já é realidade no Paraná, à exemplo da experiência exitosa de Santa Catarina, que em breve deve ser multiplicada para demais estados brasileiros, consolidando a criação uma agência nacional de notícias.

“A rede chega para fortalecer e valorizar a atuação dos jornais locais, oferecendo um modelo de negócio que traz inovação e inteligência de mercado, impulsionando as estratégias comerciais dos nossos veículos”, destacou Pabis.

Para o presidente da Adjori Brasil e da Adjori/SC, Miguel Ângelo Gobbi, há uma verdadeira revolução em curso, uma “tsunami tecnológica” que atinge como avalanche o trinômio clássico “rádio-TV-jornal”, que dominou por décadas o setor, e que agora precisa ser revisto. “Ou nos integramos em rede rapidamente, ou perderemos a nossa hora e a nossa vez”, alerta.

Um dos palestrantes no evento, o jornalista José Wille, que dirigiu o jornalismo da Rádio CBN Curitiba, por 18 anos e atualmente é âncora e comentarista do telejornal da Band TV Curitiba, acredita que o modelo em rede é uma forma estratégica de minimizar custos e ampliar a cobertura destes veículos com conteúdos adicionais. “O que significa mais produção, mais qualidade e melhor posicionamento diante do mercado anunciante e leitores”, destacou.

Além de reunir proprietários, diretores e colaboradores de jornais associados à Adjori de todo o Brasil, o evento contou também com a presença e o pronunciamento de lideranças políticas, como o superintendente de Comunicação Social da Itaipu Binacional, Gilmar Piolla, e o secretário de Estado da Comunicação Social, Paulino Viapiana, representando o governador do Estado, Beto Richa.

Ontem (sábado, 21), pela manhã, foram apresentados painéis sobre tendências sobre o mercado de trabalho e inovação na área digital e editorial dos veículos, finalizando o dia com a entrega do Prêmio Adjori de Jornalismo em passeio de barco Kattamaram pelo lago Itaipu, a nova atração do complexo turístico da maior hidrelétrica do mundo em geração de energia.

Apoios

O evento se estendeu até domingo, 22, e teve o apoio da Itaipu Binacional, do Banco Regional de Desnvolvimento do Extremo Sul (BRDE) e do governo de Foz do Iguaçu.

Ler 571 vezes

Itens relacionados (por marcador)

Entre para postar comentários
Top