Em Beltrão, centro de estudos reúne especialistas para prevenir desastres
Mj. Schinda e prefeito Cantelmo Neto em um dos pontos do Rio Marrecas que receberá moderno aparelho de monitoramento Leandro Czerniaski/Imprensa PMFB

Da assessoria

Mestres e doutores de três universidades de Francisco Beltrão têm se reunido periodicamente para elaborar medidas de prevenção a catástrofes.

Todos integram o Centro Universitário de Estudos e Pesquisas sobre Desastres (Ceped), criado em maio do ano passado com o objetivo de usar o conhecimento acadêmico para se antecipar a desastres de origem natural, social e biológica.

O Ceped funciona através da Prefeitura, Corpo de Bombeiros e Defesa Civil e, apesar do pouco tempo de criação, tem se mostrado um dos mais atuantes do estado, com a realização de atividades, encontros e planejamento de atividades e mecanismos mais eficientes de prevenção. Foi deste grupo que surgiu no ano passado o Simpósio de Defesa Civil, que reuniu especialistas de outros estados e da ONU em Beltrão para debater a resiliência das cidades.

“Em Beltrão existem muitas sugestões do quê fazer para, por exemplo, acabar com as enchentes, mas tudo calcado no empirismo e não no conhecimento científico. O papel do Ceped, acima de tudo, é se aprofundar nestas questões para que possa indicar os melhores caminhos que o poder público pode seguir para evitar os desastres”, afirmou o prefeito Antonio Cantelmo Neto, que na quarta-feira (17) acompanhou o encontro do centro.
Centro planeja atuação

O Ceped é coordenado pelo professor Elvis Rabuske, professor de Geografia com atuação nas áreas de Sensoriamento Remoto, Cartografia e Geoprocessamento. Além disso, mais de dez outros professores da Unioeste, Unipar e UTFPR também compõem o grupo, junto com integrantes da Prefeitura, Corpo de Bombeiros e Defesa Civil.

Um dos próximos passos do centro de estudos é a criação de uma especialização em defesa civil que deve ter como tema de pesquisa o Rio Marrecas e será focada na formação de agentes para os municípios da região. Além disso, o grupo já elaborou um projeto para instalação de um centro de monitoramento avaliado em R$ 700 mil para acessar informações mais precisas e antecipadas sobre chuvas de granizo, vendavais, deslizamentos e enchentes na região. “Um centro desses permitiria acesso a informações antecipadas sobre o tornado que atingiu Beltrão no ano passado, por exemplo”, explica o mj. Antonio Schinda, comandante do 3º SGBI.

Novos pontos de monitoramento

Nos próximos dias, Beltrão terá dois pontos de monitoramento. Um é fruto de convênio do Ministério da Defesa do Japão e a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil e permitirá obter uma série de informações sobre o Rio Marrecas em tempo real. O outro será voltado ao monitoramento meteorológico e será instalado através de uma parceria entre o Município e o Cemaden (Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais).

Ler 617 vezes

Itens relacionados (por marcador)

  • 1º Beltrão Rolimã é coroado de sucesso

    O Beltrão Rolimã reuniu quase dez mil pessoas no prolongamento da avenida Julio Assis Cavalheiro no domingo, 20.

  • Projeto do JNT incentiva leitura de pais e alunos

     Assessoria

    O Jornal Novo Tempo, fundado e com sede administrativa em Santa Izabel do Oeste, filial em Frncisco Beltrão e com distribuição em diversos municípios da região, lançou com apoio das Escolas da Rede Municipal, um projeto inovador de incentivo a leitura de alunos e seus familiares.

  • Saúde realizará testes de hepatites

    Neste sábado, dia 27 de julho, no Calçadão de Francisco Beltrão, será realizada uma campanha na área de saúde. Serão oferecidos gratuitamente testes para detecção das hepatites B e C, Sífilis e HIV.

  • Cléber confirma instalação do CRAS no Bairro São Miguel

    Na sexta-feira, 12, o prefeito Cleber Fontana participou de reunião no bairro São Miguel com as famílias beneficiários do Centro de Referencia de Assistência Social (CRAS).

  • Corrida do Soldado vai reunir 700 atletas

    A Prefeitura de Francisco Beltrão, através da secretaria municipal de Esportes, será mais uma vez parceira do 16º Esquadrão de Cavalaria Mecanizado na realização da tradicional Corrida do Soldado, que neste ano acontece no dia 18 de agosto, um domingo.

Entre para postar comentários
Top