Prefeita e mais duas pessoas têm bens bloqueados por uso indevido de celular no Paraná
Divulgação

Redação com MP-PR

A prefeita de Virmond (região Centro-Sul do estado), Lenita Orzechovski Mierzva (PR), o marido dela e um ex-funcionário do da cidade tiveram os bens bloqueados pela Vara Cível de Cantagalo.

A decisão foi proferida em resposta à ação civil pública de improbidade administrativa, proposta pela Promotoria de Justiça de Cantagalo. Os réus são acusados de uso indevido de telefones celulares da prefeitura de Virmond entre os anos de 2009 e 2015.

Por meio da quebra de sigilo telefônico, comprovou-se que o marido da prefeita utilizava o celular do município para fins particulares, assim como o ex-funcionário da prefeitura – hoje falecido –, que, mesmo depois de ter sido exonerado do cargo, continuou a fazer ligações do telefone da Instituição. De acordo com a Promotoria, os valores das faturas eram pagos pela prefeitura e a gestora municipal tinha ciência da situação irregular, fato que a tornou ré na ação.

A Justiça bloqueou R$ 30.749,40 da prefeita, R$ 22.255,80 do marido dela e R$ 8.493,60 dos herdeiros do ex-funcionário da prefeitura.

Ler 924 vezes

Itens relacionados (por marcador)

Entre para postar comentários
Top