Terça, 10 Mai 2016 09:43

Ambev mostra que Paraná é propício a investimentos, mesmo na crise nacional

Escrito por
Ambev mostra que Paraná é propício a investimentos, mesmo na crise nacional Divulgação

O governador Beto Richa afirmou na sexta-feira (6), durante a inauguração da fábrica da Ambev em Ponta Grossa, nos Campos Gerais, que o Paraná tem um conjunto de elementos que o torna um ambiente propício para investimentos, mesmo neste momento de incerteza da economia.

“Aqui quem trabalha e produz tem nosso apoio”, afirmou.

Ele enalteceu o empreendimento da Ambev, que é apoiado pelo Governo do Estado por meio do Paraná Competitivo, soma investimentos de R$ 848 milhões e gera 430 empregos diretos. “É uma conquista para o Paraná este empreendimento, por ser um dos mais modernos do mundo, pelos empregos que cria e porque deverá atrair outras empresas satélites para a região”, disse Richa.

O apoio do governo estadual e da prefeitura de Ponta Grossa foram fundamentais para a Ambev, segundo o seu presidente, Bernardo Pinto Paiva. “É muito bom confiar no poder público e saber que o retorno vai ocorrer. A proatividade do governo soma muito nesse processo”, disse ele.

O governador afirmou que o Paraná vive hoje o maior ciclo de industrialização de sua história. Isso é o resgate do nosso governo da confiança do setor produtivo, que estava parada, porque não havia programas qualificados para a atração de investimentos”, afirmou o governador. Só a Região dos Campos Gerais recebeu, desde 2011, mais de R$ 10 bilhões em investimentos privados apoiados pelo programa Paraná Competitivo, com geração de mais de 15 mil empregos.

Richa também lembrou recentes conquistas que comprovam o avanço paranaense. Em 2015, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Paraná assumiu o posto de quarta maior economia do Brasil. Também no ano passado, a consultoria britânica Economist Intelligence Unit (EIU), divisão de análise do grupo The Economist, considerou o Paraná o segundo Estado mais competitivo do Brasil. Já em 2016, o Financial Times FDI Intelligence apontou que o Paraná tem a melhor estratégia para atração de investimentos da América do Sul.

TRANSFORMADOR
Marcelo Rangel, prefeito de Ponta Grossa, afirmou que apenas com o investimento da Ambev a arrecadação de ICMS do município aumentou 51%, passando de R$ 139 milhões para R$ 210 milhões. “O mais incrível é que estamos no período dos incentivos fiscais. Imagine depois então, a arrecadação pode até triplicar”, disse ele. Rangel destacou o apoio do Governo do Estado e disse que os programas estaduais foram essenciais para atração dos investimentos. “Em quase quatro anos, foram mais de 40 novas indústrias instaladas em Ponta Grossa”, disse ele.

INCENTIVO E INFRAESTRUTURA
O programa de incentivo fiscal, a atuação da agência paranaense do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) e a segurança jurídica garantida empreendedores estão entre os elementos fundamentais que contribuem para colocar o Paraná na contramão da crise, conforme apontou o governador.
“O BRDE recebeu na nossa gestão a maior capitalização nos seus 50 anos de história, de R$ 200 milhões, montante que alavanca sete vezes este valor para financiar a produção”, disse Richa. Ele ressaltou, também, o investimento recorde da Copel (de R$ 5,5 bilhões), o desempenho da Sanepar, eleita pelo ranking do Valor Econômico como a melhor empresa de saneamento do Brasil, e a Compagás, que está levando a rede de gás canalizado para diferentes regiões do Estado. “Estamos investindo forte em infraestrutura, o que favorece a industrialização, pois reduz o custo de produção”, disse Richa. Os investimentos no Porto de Paranaguá, afirmou, o tornaram referência nacional em gestão profissional e eficiência. O governador ressaltou as ações de melhoria rodoviária. Estão sendo investidos R$ 700 milhões na recuperação de estradas danificadas. “É importante ressaltar que temos hoje 400 quilômetros de rodovia em duplicação, sendo a principal delas a BR-376, que passa em frente à Ambev”, afirmou Richa.

ADRIÁTICA
A nova filial da Ambev recebeu o nome de Cervejaria Adriática em homenagem à marca que foi lançada em Ponta Grossa no início do século XX e ficou no mercado até meados de 1940. Com o início da operação da Ambev na cidade, a cerveja Adriática volta a ser produzida com exclusividade em sua terra natal.
Cerca de 1,5 mil pessoas participaram da construção da nova fábrica. Com uma área total de 2,6 milhões de metros quadrados, a cervejaria de Ponta Grossa tem capacidade para produzir 380 mil hectolitros de bebidas por mês e conta com quatro linhas de produção. Além de Adriática, fabrica as marcas Antárctica, Antárctica Sub Zero, Skol, Original e Brahma Chopp. A produção abastece os mercados do Paraná, São Paulo e Santa Catarina.

PRESENÇAS
Participaram da solenidade a vice-governadora Cida Borghetti; o vice-presidente Industrial da Ambev, Flávio Torres; o presidente de Relações Institucionais da empresa, Disraeli Galvão; os secretários de Estado do Planejamento, Silvio Barros, e da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, João Carlos Gomes; o presidente do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), Luiz Tarcísio Mossato Pinto; o presidente da Agência Paraná de Desenvolvimento, Adalberto Netto; o diretor da CCR Rodonorte, Cláudio Soares; os deputados federais Luiz Carlos Hauly, Sandro Alex, Diego Garcia e Marcelo Belinati; os deputados estaduais Plauto Miró, Márcio Palhuck e Maria Victoria Borghetti Barros e o prefeito de Carambeí, Orlando Blum.

 

Empresa já investiu mais de R$ 960 milhões no Paraná
De acordo com a Ambev, os investimentos da empresa na Cervejaria Adriática seguem os planos da companhia de renovar e modernizar seu parque fabril. De 2010 a 2015, a Ambev investiu mais de R$ 960 milhões no Paraná. Além da cervejaria em Ponta Grossa, também possui uma fábrica de refrigerantes em Almirante Tamandaré e mais quatro centros de distribuição direta nas cidades de Londrina, Francisco Beltrão, São José dos Pinhais e Ponta Grossa. A empresa informa que gera 1.675 empregos no Estado, onde também movimenta R$ 660 milhões em impostos. Se considerados os empregos indiretos e induzidos gerados na cadeia produtiva, a Ambev calcula que movimenta 42 mil postos de trabalho no Paraná.

 

Setor cervejeiro apresenta maior efeito multiplicador
O setor de cerveja representa 12% da indústria de transformação do Paraná. O total de postos de trabalho diretos, indiretos e induzidos gerados pelo setor cervejeiro no Estado passa de 143 mil, o que representa uma massa salarial de mais de R$ 1,3 bilhão, de acordo com levantamento feito a partir de cruzamento de dados do IBGE com informações da Fundação Getúlio Vargas (FGV).
De acordo com a Ambev, o setor de bebidas é um dos que apresentam maior efeito multiplicador na economia. De acordo com IBGE, para cada R$ 1 investido por uma cervejaria, outros R$ 2,50 são gerados na economia do Brasil. Um estudo da Fundação Getúlio Vargas (FGV) aponta que para cada emprego direto gerado em uma cervejaria, outros 50 são criados na cadeia produtiva.

 

Nova fábrica atua com tecnologia de ponta em coeficiência operacional
A nova fábrica da Ambev em Ponta Grossa foi projetada para atuar com tecnologia de ponta na área de ecoeficiência operacional. A unidade já nasceu com maquinários que garantem menor consumo de energia e de água. A matriz calorífica é movida 95% por combustível renovável. A unidade usa biomassa de cavaco de madeira e óleo vegetal como fonte de energia. A unidade também reaproveita quase 100% de todo o resíduo sólido gerado na produção. Esses resíduos são destinados à alimentação animal, enviados para indústrias de reciclagem e também viram composto orgânico (adubo).
A estação de tratamento de efluentes industriais (ETEI) da unidade tem capacidade para tratar cerca de 15 milhões de metros cúbicos de efluentes por ano, o equivalente ao tratamento de esgoto diário de uma cidade de aproximadamente 179 mil habitantes, semelhante à população do município de Guarapuava (PR). Isso garante que a água devolvida aos rios esteja limpa, com padrão de qualidade melhor do que quando foi captada.

Ler 930 vezes
Entre para postar comentários
Top