Paraná e Argentina querem fortalecer parcerias econômica e cultural
Assessoria

O governador Beto Richa recebeu na segunda-feira (26), no Palácio Iguaçu, em Curitiba, o embaixador da Argentina no Brasil, Carlos Alfredo Magariños, para discutir estratégias de integração entre o Paraná e o país vizinho.

Em sua primeira visita oficial ao Estado, Magariño destacou a importância de parcerias econômicas com o Brasil, o Paraná em especial, e fez um convite para que Richa dê uma palestra na Argentina para apresentar os resultados do ajuste fiscal promovido pelo Governo do Estado.

Para o governador, é essencial manter o diálogo com a Argentina. “Temos muita similaridade com a Argentina, não apenas pela proximidade geográfica, já que temos nove municípios na fronteira, mas também pela semelhança cultural e econômica”, disse Richa. “Tanto o Brasil quanto a Argentina passam por mudanças na economia e é de fundamental importância que busquemos soluções conjuntas para ampliar o desenvolvimento”, afirmou.

BONS RESULTADOS
Ele destacou que o ajuste fiscal trouxe bons resultados ao Paraná, que o foi o primeiro estado brasileiro a se preparar para enfrentar a crise econômica nacional. Além disso, pelo segundo ano consecutivo, o Paraná foi considerado segundo estado mais competitivo do País, de acordo com o ranking Competitividade dos Estados Brasileiros de 2015/2016, elaborado pela consultoria britânica Economist Intelligence Unit.

“Passamos por uma mudança política tanto no Brasil quanto na Argentina e buscamos a retomada de nossa economia. Este é o momento oportuno para criar condições conjuntas de crescimento, e o Paraná tem o interesse de participar deste processo”, completou o governador.

LAÇOS
O embaixador elogiou a situação diferenciada do Paraná no cenário nacional e reafirmou a necessidade de atuação conjunta nos campos econômico e cultural. “Temos laços históricos muito antigos com o Paraná, que precisamos transformar em um instrumento para levar nossa relação bilateral a outro nível, fomentando a integração física, cultural e econômica”, disse.

“A experiência do Paraná para enfrentar o desafio econômico tem sido muito exitosa. Pedi ao governador para que abra sua agenda para uma visita, junto a uma comitiva de empresários, à Argentina para nos contar sobre essa experiência”, afirmou Magariños.

Carlos Magariños assumiu a embaixada argentina em Brasília em 23 de março de 2016. Foi secretário da Indústria e Minas da Argentina durante o governo de Carlos Menem, adido comercial em Washington, de 1993 a 1997, e diretor-geral da Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (Unido), entre 1997 e 2005.

PRESENÇAS
Acompanharam o encontro a secretária da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa; a embaixatriz Belén di Paolo; a segunda secretária da Embaixada da Argentina no Brasil, Maria Julia Lorenzo; o cônsul da Argentina em Curitiba, Pedro Ezequiel Martotta; e o cônsul-adjunto da Argentina em Curitiba, Carlos Nazareno Ayala.

Ler 2043 vezes
Entre para postar comentários
Top