Polícia Civil de Salto do Lontra prende acusada de agredir criança em CMEI
Divulgação

A Polícia Civil de Salto do Lontra prendeu na tarde desta quarta-feira (29), Erica Tonieto, 27 anos, acusada de ter agredido uma criança de sete meses no Centro Municipal de Educação Infantil em que trabalhava em Salto do Lontra.

 

Os fatos foram registrados no dia 20 de março, mas só foram divulgados no dia 24 após serem comunicados pela família a polícia. Além do vídeo que comprova as agressões, durante as investigações a polícia descobriu ainda que essa não teria sido a primeira vez que a estagiária cometeu esse tipo de agressão.

O delegado de Salto do Lontra, Sandro Spadotto Barros, que preside o inquérito policial representou pela prisão preventiva da estagiária e foi expedido pela justiça. Ainda segundo o delegado, ela foi indiciada por tortura.

A mulher foi removida ao Setor de Carceragem da 19ª SDP em Francisco Beltrão. Ela não se pronunciou sobre as acusações, alegando que só vai falar em juízo e ao chegar a delegacia também se manteve em silêncio.

Lido 1357 vezes

Itens relacionados (por tag)

  • A missão de cuidar, ensinar e mostrar o melhor caminho

    Conhecido como CPA, o centro de convivência está localizado ao lado do CMEI Pequeno Príncipe, no bairro São José Operário, o local desempenha um papel muito importante no município.

  • A força da família

    As professoras do CMEI Pequeno Príncipe, de Santa Izabel do Oeste estão trabalhando o tema “Família, casa e escola”.

  • Reni perde foro privilegiado

    Com o fim do mandato, o ex-prefeito de Foz do Iguaçu, Reni Pereira (PSB) perdeu o foro privilegiado e passará a ser julgado pelo juiz da 3ª Vara Criminal Federal. Ele foi preso durante a 4ª fase da Operação Pecúlio, da Polícia Federal, em julho de 2016, suspeito de chefiar um esquema de corrupção na prefeitura. O despacho judicial foi publicado na sexta-feira (13). As informações são do G1.

    Enquanto era prefeito, o processo de Reni Pereira estava a cargo do Tribunal Regional Eleitoral (TRF4) em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. “De fato, a competência especial por prerrogativa de função cessa quando encerrado o exercício funcional que a ela deu causa”, destacou a relatora Cláudia Cristina Cristofani. “Assim, no caso em exame, deixando de existir a prerrogativa de foro, porque encerrado o exercício da função, falece competência a esta Corte para o processamento do presente feito, o qual deve ser remetido à Justiça Federal de 1º Grau.”

    O agora ex-prefeito chegou a ficar preso em casa por 106 dias e conseguiu uma liminar no Superior Tribunal de Justiça (STJ) revogando a prisão. Ele, porém, continua proibido de se aproximar da prefeitura.

    Operação Pecúlio
    As investigações da PF que levaram à deflagração da Operação Pecúlio, no dia 19 de abril de 2016, indicam um esquema de corrupção na Prefeitura de Foz do Iguaçu envolvendo fraudes em licitações para a contratação de obras de asfalto e de serviços na área da saúde. De acordo com o Ministério Público Federal (MPF), a organização criminosa era comandada por Reni Pereira.

    Doze presos preventivamente deixaram a prisão depois de assinarem acordos de delação premiada. Além de empresários e do prefeito, foram presos secretários, diretores e servidores de carreira.

    No total, três dos 85 réus da ação penal que resultou da operação permanecem presos. Eles respondem, entre outros, pelos crimes de peculato, corrupção passiva, corrupção ativa, organização criminosa e fraude em licitações.

  • Polícia Civil prende Túlio Bandeira, candidato à prefeito

    O candidato à prefeito por Foz do Iguaçu, Túlio Bandeira (Pros), foi preso na manhã de ontem, quarta-feira (14).

  • Polícia prende quadrilha especializada em roubo a ônibus de turismo

    Nove pessoas foram presas, entre elas três em flagrante, durante a operação Fim da Linha, deflagrada na quinta-feira (1º) pela Polícia Civil em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), com o objetivo de desarticular uma quadrilha especializada em roubo a ônibus de turismo.

Entre para postar comentários
Top