Municípios têm até dia 20 para se inscrever em programa de habitação rural
Cohapar, Emater e Seab reuniram secretarias municipais de agricultura na Amsop para repassar orientações sobre o programa Assessoria

Da assessoria

As prefeituras interessadas em aderir ao Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR) devem entregar o cadastro com as famílias que se enquadram no projeto a Cohpar (Companhia de Habitação do Paraná) até o próximo dia 20.

Em encontro na quarta-feira (5) na Amsop (Associação dos Municípios do Sudoeste do Paraná), a companhia apresentou os critérios de enquadramento do PNHR e a forma de adesão pelos municípios.

Serão priorizados os agricultores com renda de até R$ 17 mil por ano e que se enquadram na faixa 1 do programa. Depois, também podem ser contempladas as famílias da faixa 2, com renda de até R$ 32 mil anuais. “É um programa voltado para os agricultores de baixa renda e que ainda moram em casas sem as devidas condições sanitárias, de segurança e dignidade”, explica Tânia Bernardon, da Cohapar.

Os projetos das prefeituras serão encaminhados pela Cohapar à Caixa Econômica Federal para análise. Os agricultores contemplados receberão R$ 34 mil para construir uma casa com cerca de 47 m2 e irão pagar apenas quatro parcelas anuais de R$ 342.

O PNHR será executado com recursos do governo federal e tem apoio da Cohapar, Seab e Emater na organização e execução do programa. Em todo o país serão construídas 35 mil moradias, 5 mil desta somente no Paraná. Devido a característica de pequenas propriedades, o Sudoeste deve ser contemplado com boa parte destas moradias rurais.

Lido 375 vezes

Itens relacionados (por tag)

Entre para postar comentários
Top