Pequenas Irmãs da Sagrada Família comemoram 40 anos de presença no Brasil
Juliana Cherubini

No sábado, 22, a comunidade católica de Santa Izabel do Oeste comemorou os 40 anos de trabalho das Pequenas Irmãs da Sagrada Família que vieram da Europa, se estabelecer no Brasil, a partir da cidade de Santa Izabel do Oeste.

Duas celebrações litúrgicas marcaram a comemoração da presença das Irmãs, no Brasil. A primeira, pela parte da manhã, no Santuário Diocesano de Nossa Senhora Aparecida, com a presença do bispo da Diocese de Palmas e Francisco Beltrão, dom Edgar Xavier Ertl; e à noite, na Igreja Matriz, a segunda celebração na Igreja Matriz.

Já nos dizia o Papa Bento XVI: a vida consagrada, na sua vivência cotidiana sobre as estradas da humanidade, manifesta o Evangelho e o Reino já presente e operante. Irmãos e irmãs é com muita alegria que nossa comunidade se reúne nesta noite para celebração de Ação de Graças pelos 41 anos de presença das Pequenas Irmãs da Sagrada Família aqui no Brasil.

Sabemos que toda vocação é um dom e um chamado de Deus a pessoas especiais. Por isso, tudo sempre começa com um sim: o sim de Abraão que prossegue em outros tantos sins, o sim de Maria, José e Jesus, que deram um novo começo na história da humanidade. E para dar continuidade a estes e tantos outros sins, Deus chama o Padre José Nascembeni e lhe confia um Carisma, e este, escolhe Santa Izabel do Oeste, para plantar a primeira, de muitas sementes aqui no Brasil, o Padre José Nascembeni, escolhe aqui o terreno fecundo, para formar o Pequeno Nazaré, o Pequeno Canteiro, para fazer germinar muitas sementes que deram e, dão tantos e belos frutos, aqui e em outros territórios, e que são colhidos a cada dia. Hoje, nossa homenagem a estas tão queridas Pequenas Irmãs da Sagrada Família. Foram tantas as que já passaram por estas terras, e que ficaram nas nossas lembranças mais queridas e nos nossos corações. Lembremos por onde tudo começou: Irmã Ervina Miniaturo, Irmã Josefina Radaelli, Irmã Antonieta Meneguini e Irmã Plácida Settin, que chegaram em nossa Paróquia no dia 19 de abril de 1976, e as que ora dão continuidade a este belo trabalho: Irmã Julia Antônia Dócimo, Irmã Lucia Terezinha Bonetti e Irmã Inês de Fátima Sutil.

A celebração da missa na Igreja Matriz acolheu as irmãs que atuam no Brasil com a condução da imagem da Sagrada Família, fonte inspiradora da Congregação, os Banners do fundador José Nascimbeni e da Madre Maria Mantovani.

As Irmãs trouxeram para Santa Izabel do Oeste e nas comunidades por onde se expandiram no Brasil, o trabalho de voluntariedade, de serviços de educação, de artesanato e de apoio às famílias. Acolhendo a religiosidade e expressando o amor à Deus e Nossa Senhora, muitos jovens, crianças e adolescentes, cresceram sob o olhar carinhoso e afetuoso das Pequenas Irmâs da Sagrada Família.

Para a comunidade izabelense, as Pequenas Irmãs da Sagrada Família promoveram a fraternidade e o desenvolvimento do ser humano, valorizando a ética, a moral e o compromisso da família.

Ler 995 vezes

Itens relacionados (por marcador)

Entre para postar comentários
Top