MÃES PARTICIPAM DE ENCONTRO SOBRE AMAMENTAÇÃO
Acessoria

Mães izabelenses
participam de encontro sobre amamentação

A Secretaria de Saúde
de Santa Izabel do Oeste promoveu na segunda-feira (07), na Praça das Palmeiras
um encontro com as mães do município abordando o tema “amamentação”.

Elas participaram de
uma palestra rápida ensinando a forma corretar de amamentar e a importância do
ato. “Até
os 6 meses o bebê não tem necessidade de complementos como água, chás ou sucos,
apenas o leite materno. Amamentar desenvolve as defesas imunológicas, o leite
tem células que protegem o organismo dos bebês de infecções e doenças. Outros
líquidos atrapalham a amamentação e colocam em risco a saúde, esses chás
coletados na horta podem conter bactérias que podem se instalar no organismo e
depois disso o leite materno não tem ação protetora, pois já foi contaminado.
Não existe leite fraco, no seio existem 3 camadas, a primeira é de água, a
segunda parte é proteica e no final têm as gorduras minerais e vitaminas que
engordam e alimentam o bebê. As mães não orientadas dão 10 minutos um seio,
depois 10 minutos do outros e a criança acaba ingerindo apenas água, é preciso
compreender que não existe leite fraco, existe forma incorreta de amamentar, o
ideal é amamentar o recém-nascido de 30 a 40 minutos em um único seio” explicou
a nutricionista Karla Kiescoski.

“Achei muito bom o
encontro de hoje para tirar dúvidas, minha bebê é prematura e não aceitou o
peito, ela se alimenta do meu leite, mas pelo bico, espero que em breve ela
comece a mamar, poder alimentar o próprio filho apenas com nosso leite é
maravilhoso” comentou a mãe de primeira viagem Poliana Bedin.

Todas as mães que
participaram do encontro fizeram fotos e nos próximos dias serão presenteadas
com duas fotos do ato da amamentação, a ação é um presente da empresa Juliano e
Roberto Fotografias.

“Nosso objetivo é
mostrar que amamentar é possível, no começo é diferente do que imaginamos, têm
mães que sofrem, que sentem dor, mas é preciso paciência, queremos mostrar que é
importante um pré-natal de qualidade, planejar uma gravidez é cuidar dessa
criança durante a gestação e depois de nascer, queremos preparar essas mães para
termos crianças saudáveis, que dependam cada vez menos das fórmulas infantis
para se alimentar” ressaltou a Secretária de Saúde Ivone Sponchiado.

Lido 93 vezes
Entre para postar comentários
Top