Professora da UFFS recebe prêmio das Nações Unidas por artigo científico
O primeiro lugar no concurso foi para a professora da UFFS Rozane Márcia Triches/ UFFS/Ariel Tavares Acessoria

A professora da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) – Campus Realeza, Rozane Márcia Triches, foi uma das vencedoras de um concurso de artigos científicos promovido pelo Centro de Excelência contra a Fome, organismo criado por uma parceria entre o Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas (PMA) e o governo do Brasil.

O concurso sobre "Segurança alimentar e nutricional sustentável: Construindo pontes entre práticas agrícolas sustentáveis e programas de alimentação escolar” premiou os três melhores trabalhos, sendo o primeiro lugar para a professora da UFFS.

O concurso foi uma iniciativa do Centro de Excelência, em parceria com o Centro Universitário de Brasília (UniCeub). A competição buscou identificar centros de pesquisa e grupos educacionais em todo o mundo especializados em segurança alimentar e nutricional. O objetivo da iniciativa é apoiar a produção e a divulgação de conhecimentos relacionados ao tema, além de promover a integração de diferentes atores envolvidos no combate à fome.

O artigo vencedor “Efficiency and efficacy of public food procurement from family farmers for school feeding in south of Brazil” ("Eficiência e eficácia das compras públicas de alimentos de agricultores familiares para a alimentação escolar no Sul do Brasil"), da professora da UFFS – Campus Realeza, Rozane Márcia Triches, foi realizada nos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Em cada um dos estados, foram escolhidos municípios e entrevistados envolvidos com o processo de aquisições de alimentos produzidos pela agricultores familiares destinados à alimentação escolar.

Com base em entrevistas e na revisão de prestações de contas e chamadas públicas, o artigo afirma que compras públicas eficazes proporcionam renda para famílias agricultoras e comida de qualidade para estudantes. "Esta pesquisa deu subsídios para identificar os problemas que ainda temos na operacionalização das compras de produtos da agricultura familiar para a alimentação escolar e como tais problemas vêm sendo ultrapassados pelas prefeituras mais exitosas. Isto pode auxiliar os gestores públicos e atores sociais a se espelharem nestas experiências para recalibrarem suas ações", destaca Triches.

Os outros vencedores do prêmio foram: Raymond Jatta, doutor em Economia e coordenador de Programa no Forum for Agricultural Research in Africa, estabelecido na Gâmbia, país situado na África Ocidental; Renato Lagapa Base, mestre em Economia e pesquisador no Estonian Crop Research Institute, nas Filipinas; e Mariana Girardi, mestre em Nutrição pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

De acordo com as regras do concurso, os autores dos três melhores artigos participarão de viagens de estudos em âmbito internacional e doméstico que serão organizadas pelo Centro de Excelência contra a Fome. A primeira é para o Fórum Global de Nutrição Infantil que acontecerá em Montreal, entre os dias 17 e 21 de setembro. O evento é dedicado à alimentação escolar e deve contar com a participação de mais de 40 países. Os cinco primeiros finalistas — incluindo os três vencedores — também terão seus trabalhos publicados na Revista Brasileira de Direito Internacional em 2017.
* Com informações da WFP Centre of Excellence Against Hunger

Lido 253 vezes
Entre para postar comentários
Top