Municípios precisam acompanhar metas do Plano de Educação até 2025
Curso realizado na Amsop foi ministrado por Elir Battisti, do NRE-FB Acessoria

Técnicos e gestores das secretarias de educação de 20 cidades da região participaram de capacitação sobre o plano municipal de educação na terça-feira (3).

O encontro realizado na Amsop (Associação dos Municípios do Sudoeste do Paraná) detalhou procedimentos para que as prefeituras façam o monitoramento anual e as avaliações bianuais de seus planos de educação.
Elaborados em 2015 em todos os municípios do Sudoeste, os planos contêm 20 metas que estão alinhadas a propostas nacionais. “A ideia é que cada Prefeitura monitore constantemente cada uma das metas, trace políticas públicas para implementá-las e forneça informações que vão servir de base para avaliar a evolução da educação em sua cidade”, explica o avaliador técnico do Núcleo Regional de Educação (NRE-FB), Elir Battisti.
Os planos de educação têm vigência de dez anos e periodicamente o monitoramento das metas deve ser repassado a um sistema nacional do Ministério da Educação. A capacitação na Amsop orientou sobre o correto preenchimento destas planilhas que vão gerar informações e dados comparativos de todo o Brasil. Os técnicos também poderão usar projeções populacionais do Ipardes (Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social) para monitorar a evolução das metas educacionais.

Lido 79 vezes
Entre para postar comentários
Top