Imprimir esta página
Atendimento às gestantes izabelenses é referência regional
Assessoria

Com a proposta de organização da atenção materno-infantil nas ações do pré-natal, puerpério, acompanhamento do crescimento e desenvolvimento das crianças, em Santa Izabel do Oeste a Rede Mãe Paranaense permite um conjunto de ações realizadas por uma equipe de saúde e que garante a realização de um pré-natal de qualidade, com consultas, visitas, grupos de gestantes, realização de exames laboratoriais e ultrassom.

Além disso, também há classificação de risco das gestantes e das crianças, garantia de ambulatório especializado, hospital para realização dos partos, que na grande maioria é realizado pelo renomado médico obstetra Rodrigo Evaristo de Oliveira, que trabalha há muitos anos no município e já realizou milhares de partos de mamães izabelenses.

Quando necessário, nas folgas do obstetra e para gestantes de risco intermediário e alto risco, o município conta com o apoio do estado, encaminhando a gestante para realizar o parto no Hospital São Francisco e no Hospital Regional do Sudoeste.

NÚMERO DE PARTOS

E 2018, 197 gestantes foram cadastradas nas Unidades de Saúde, onde pré-natal é iniciado pelas enfermeiras, responsáveis por parte grande parte do serviço prestado.

Durante o ano passado também foram realizadas 966 consultas e das 138 gestantes que tiveram bebês, 97 nasceram no município e 41 em hospitais de referência.

Outra novidade implantada ainda em 2018, é o pré-natal do parceiro, uma nova política de atenção à saúde do homem com objetivo de orientar o pai a exercer a paternidade desde o planejamento reprodutivo do casal, passando pela fase do pré-natal, parto e atenção à criança, por meio da realização de exames de rotina, de testes rápidos e da atualização da carteira vacinal.

Ler 486 vezes
Entre para postar comentários