Chuvas causam enchente e apreensão
Divulgação

Nos últimos dias, a região sudoeste registrou muita chuva.

Prejuízos em estradas rurais, lavouras e a apreensão com a enchente em vários pontos da região. Os municípios de Marmeleiro e Manfrinópolis chegaram a suspender as aulas devido as inundações e os problemas para o transporte escolar, já que muitas estradas foram muito danificadas. Em Francisco Beltrão, a cheia no Rio Marrecas, represou os rios Urutago e Lonqueador que cortam os bairros Miniguaçu, Luther King e Vila Nova e o córrego Progresso, no bairro São Miguel.

Na madrugada de terça-feira (19), a população ribeirinha acordou com o alarde de que as águas estavam subindo. Devido as chuvas nas últimas horas, na região das nascentes do Rio Marrecas, em Flor da Serra, Manfrinópolis, Salgado FIlho e Marmeleiro, o rio subia de volume rapidamente. Durante a madrugada e manhã, subiu a 8 metros, cerca de 5,4 metros acima do normal, durante as chuvas que normalmente oscilam entre 2,5 a 2,7 metros.

O melhor de tudo, é que não choveu na terça-feira e por volta das 11h, o rio começou a baixar e as famílias puderam retornar à tranquilidade.

Ler 216 vezes

Itens relacionados (por marcador)

Entre para postar comentários
Top