Pai e filho que viajavam à Saudade do Iguaçu morrem vítimas de acidente no RS

Uma colisão envolvendo dois carros provocou a morte de um homem e deixou três pessoas feridas em Marques de Souza, no Vale do Taquari, no Rio Grande do Sul.

O acidente ocorreu às 5h15min de ontem, domingo (23), no quilômetro 328, da BR-386. O motorista de um dos veículos envolvidos se negou a fazer o teste de etilômetro e foi preso por homicídio qualificado de trânsito.

Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), um Citroën C4, com placas de Lajeado, seguia no sentido Interior-Capital e, na direção oposta, vinha um Chevette com placas de Canoas. Os veículos bateram de frente. O Citroën teria invadido a pista contrária. O choque provocou a morte do condutor do Chevette, Adriano Scramozzini, de 35 anos. A mulher dele, Solange Gibmaier, de 36 anos, e dois filhos, de 17 anos e sete meses de idade, ficaram feridos.

O motorista do Citroën, de 42 anos, morador de Lajeado, não quis atendimento médico e se negou a fazer teste para verificar possível embriaguez. Conforme o delegado plantonista de Lajeado, Alex Edmundo Assmann, o motorista foi autuado em flagrante sem direito à fiança por homicídio qualificado de trânsito majorado por embriaguez.

Os ocupantes do Chevette que ficaram feridos foram socorridos pelo SAMU com apoio dos Bombeiros de Lajeado, e levados ao Hospital Bruno Born, em Lajeado. Porém, o bebê não resistiu e acabou morrendo. Já a mãe da criança, que tem familiares em Sulina, permanece hospitalizada.

Conforme familiares das vítimas que estavam no Chevette, a família estava viajando para Saudade do Iguaçu (PR), onde residem parentes de Adriano. Motorista de caminhão, ele estava prestes a começar novo trabalho e estaria indo à Saudade do Iguaçu para rever a família e resolver questões de documentos que estava precisando. Os corpos serão transladados para Saudade do Iguaçu onde devem ser sepultados nesta segunda-feira (24).

Ler 74 vezes
Entre para postar comentários
Top