Conecta 2019 projeta o Paraná como um dos maiores mercados de startups do Brasil

Sebrae/PR recebeu cerca de 1,5 mil pessoas para o evento que fortaleceu o ecossistema de inovação

Uma vitrine para demonstração de soluções e um espaço ideal realização de networking e compartilhamento de conhecimento sobre o mundo da inovação, startups e empreendedorismo. Esse foi o resultado do Conecta Sebrae 2019, um dos maiores eventos sobre startups do Paraná, realizado nos últimos dias 26 e 27 de julho. O evento organizado pelo Sebrae/PR trouxe a Curitiba (PR) teve recorde de público e contou com a presença de quase 1,5 mil pessoas.

O diretor-superintendente do Sebrae/PR, Vitor Tioqueta, destaca a importância do ecossistema de startups. "O Conecta faz parte de um movimento da cultura digital, das startups e do movimento do empreendedorismo no Paraná. Hoje já são mais de mil startups que movimentam mais de dez mil empregos no estado. Esse movimento, que faz parte da nova economia do estado, se destaca cada vez mais e tem uma grande contribuição para o desenvolvimento econômico do nosso estado", afirma.

Os números citados por Tioqueta fazem parte do novo levantamento do Sebrae/PR sobre o mercado de startups no Paraná apresentado no Conecta. As 1032 startups representam cerca de 8% do total no País e já receberam mais de R$ 800 milhões em investimentos. Um mercado expressivo que foi ainda mais estimulado com a programação intensa do evento. Ao longo de dois dias, mais de 30 palestras, workshops, oficinas e painéis de debates sobre temas como desenvolvimento digital, comércio eletrônico, ambientes inovadores, transformações sustentáveis, economia colaborativa, investimentos, entre outros temas.

Nomes nacionais e internacionais de grandes empresas como a Ambev, Nubank, Ebanx, Startup Nation - Israel, entre outros compartilharam suas experiências. Mentorias com empresários foram mais uma oportunidade para que os empreendedores pudessem ampliar seus conhecimentos. A W3lcome, de Maringá, que automatiza o processo de recepção de visitantes em empresas e prédios comerciais, participou do Conecta pela primeira vez e aproveitou a troca de ideias com os players experientes do mercado.

“Tivemos insights muito bons sobre o nosso negócio com as mentorias. Não conseguiríamos se não fosse o evento. Abrimos a nossa mente para questões que nem cogitávamos e sobre assuntos que não tínhamos conhecimento. Além disso, tivemos grandes oportunidades de networking que podem gerar futuros negócios”, destaca o CTO, Alisson Enz.

Quem veio de longe não se arrependeu e destacou que o aprendizado obtido no evento será essencial para o futuro da empresa. “O Conecta é um investimento para a gente. Agrega como conhecimento e levamos isso para a equipe, dentro da empresa. Pra gente conta muito as áreas de vendas e de marketing digital, que a cada dia apresentam novidades e novos formatos. Quem não se atualiza, fica para trás”, reitera Ronei Grosbelli, sócio na Sischef, de Francisco Beltrão.

Com tantas possibilidades de conexões e de conteúdos de qualidade, nomes experientes no mercado também tiveram a oportunidade de se aprimorar e ampliar seus negócios. Thiago Ayres, diretor da Curitiba Angels e sócio da Consigliere Consultoria, pode compartilhar a sua experiência como investidor e elogiou o evento.

“O Conecta foi excelente, contou com os parceiros certos e um conteúdo relevante. Conheci empreendedores fantásticos, além de outros players do ecossistema nacional e internacional. Saio do evento com uma agenda de trabalho intensa, fruto das conexões que tivemos ali. Se conectar era o objetivo o Conecta superou todas as expectativas”, atesta Ayres.

Exposição de startups

Um dos espaços mais disputados pelo público era a exposição de startups, com as demonstrações das soluções das 15 startups que apresentaram os resultados mais promissores no estado. Além da presença de investidores, representantes de aceleradoras e incubadoras e outros atores do mundo das startups, a exposição também recebeu a visita do prefeito de Curitiba, Rafael Greca.

Uma das expositoras foi a plataforma Minhas Audiências, que facilita a contratação de parceiros e agiliza a realização de serviços jurídicos e entrega de documentos e informações de órgãos públicos. “O Conecta foi um evento muito interessante para fazer networking e conhecer empresas inovadoras do nosso estado que moldam a inovação. Pudemos aprender e conhecer iniciativas inovadoras que vão ajudar a fortalecer nosso negócio”, explica Vicente Barbur Neto, CEO da empresa.

Também estiveram presentes na exposição as doze empresas de todo o Brasil que foram finalistas do SDG Tech Awards, premiação da organização dinamarquesa Sustainary.

Para as finalistas, a exposição no evento também foi uma excelente oportunidade. É o que afirma Vanessa Romankiv, fundadora da Tech Ladies, de Curitiba, uma rede que tem como objetivo apresentar a tecnologia às mulheres e incluí-las no mercado da inovação e das startups por meio de workshops, eventos e grupos. “Foi uma grande felicidade ver o nosso trabalho tendo frutos e sendo reconhecido por meio desse concurso. Além disso, estamos expandindo nossa atuação no interior e queremos chegar a todo o País. Por isso, a oportunidade de estar aqui no Sebrae pode nos ajudar a atingir esse objetivo”, afirma.

A premiação do SDG Tech Awards aconteceu no final do evento e teve como vencedoras a paulista Sintecsys, na categoria soluções digitais, e a carioca Blend Edu, na categoria de igualdade de gênero. Com apoio do Sebrae/PR, vencedores terão a oportunidade de receber uma mentoria na sede da empresa e participar de uma missão de negócios e inovação em Copenhague, na Dinamarca.

Ler 142 vezes
Entre para postar comentários
Top