Nota Paraná liberou créditos de R$ 8,5 milhões

O programa Nota Paraná, do Governo do Estado, liberou ontem, quarta-feira (10) os créditos para quem colocou o CPF na nota fiscal nas compras do mês de março. Serão pagos R$ 8,5 milhões, sendo R$ 7,5 milhões para os consumidores e R$ 990 mil para as entidades sociais.

Os sorteios do programa estão suspensos temporariamente, por causa da pandemia do novo coronavírus, mas devem retornar em julho.

A pandemia e a diminuição da atividade econômica também influenciaram no valor retornado aos contribuintes, que é bem menor que nos meses anteriores. Os créditos pagos neste mês representam a metade do que foi pago no mês passado, quando foi destinado um total de R$ 17 milhões. Em janeiro deste ano, o Nota Paraná chegou a pagar R$ 41,4 milhões aos contribuintes, tendo como base as compras feitas em outubro de 2019.

DESDE O INÍCIO

Desde que foi lançado, em agosto de 2015, o Nota Paraná já pagou um valor R$ 1,8 bilhão, incluindo o que retornou para os consumidores que pedem o CPF ao fazer compras, quanto para as entidades sociais cadastradas no programa. O valor deste mês será distribuído entre cerca de 5,3 milhões de contribuintes e 1.335 instituições. O programa validou quase 41 milhões de documentos fiscais emitidos em março.

A coordenadora estadual do Nota Paraná, a auditora fiscal Marta Gambini, destaca que além de evitar a sonegação, a emissão de notas fiscais também alimenta o banco de dados do aplicativo Menor Preço Nota Paraná, que permite comparar o preço de produtos vendidos no Estado.

“É importante que o consumidor continue colocando o CPF na nota, peça sempre o documento fiscal para colaborar com a arrecadação e também participar dos sorteios mensais, que retornam no mês seguinte”, diz.

COMO SE CADASTRAR

Para se cadastrar no Nota Paraná é só acessar o site www.notaparana.pr.gov.br clicar na opção “cadastre-se” e preencher os dados pessoais, como CPF, data de nascimento, nome completo, CEP e endereço para criação da senha pessoal. Para participar dos sorteios é preciso fazer adesão no site.

Toda primeira compra no mês gera um bilhete ao participante do programa para os sorteios mensais, independentemente do valor gasto nas compras. Depois, cada R$ 200,00 em notas fiscais dá direito a um novo bilhete, com validade apenas para o sorteio do seu respectivo período.

Ler 57 vezes
Entre para postar comentários
Top