Colégio Estadual Guilherme de Almeida recebe verba para reforma

Agradecemos, inicialmente, a Deus por mais essa vitória e a todos que se empenharam na concretização desse sonho.

 

Um antigo sonho dos alunos, ex-alunos, APMF, Grêmio Estudantil, professores, funcionários, comunidade e equipe gestora do Colégio Estadual Guilherme de Almeida de Santa Izabel do Oeste – Núcleo Regional de Francisco Beltrão está próximo de se tornar realidade. Foi licitado através de recursos provenientes do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Educacional – FUNDEPAR, o valor de R$ 1.049.576,83 (um milhão quarenta e nove mil, quinhentos e setenta e seis reais e oitenta e três centavos), que será utilizado para fins de melhorias estruturais e a tão almejada conclusão da quadra esportiva do colégio.

É importante destacar que os recursos para a execução da obra, já estão disponíveis no (Tesouro do Governo do Estado), através de um sistema que inclui informações em tempo real, como o planejamento da obra, detalhamento dos materiais, custos quantificados e documentação, o que torna o processo mais transparente e facilita a fiscalização.

Ressaltamos também que recorrentemente, recebemos o apoio do governo federal, estadual e municipal para que acontecesse essa tão esperada reforma. Recordamos aqui de todos as pessoas que colaboraram para que este momento histórico se tornasse realidade. Das gestões que nos antecederam, do apoio da sociedade civil organizada, bem como do empenho dos nossos representantes no Executivo e Legislativo. O trabalho de engenharia do Núcleo Regional de Educação e da Seed, que se empenharam na elaboração do projeto. Reconhecemos a luta de cada um, por isso agradecemos.

O Colégio Guilherme de Almeida oferta três modalidades de Ensino: Curso de Formação de Docentes, Ensino Médio em Tempo Integral e Ensino Regular Noturno. Assim sendo, a prática da atividade esportiva é de fundamental importância para o desenvolvimento cognitivo e psicomotor do estudante, visto que contribuem significativamente para o aprendizado dos mesmos. Portanto, esta não será apenas uma reforma estrutural, mas sim uma reestruturação no que se refere aos encaminhamentos da luta de toda a comunidade ao longo destes anos e da esperança mantida até a presente data.

No dia 25 de junho (hoje), será assinado o contrato da obra - documento que autoriza a empresa vencedora da licitação a dar início aos trabalhos, com previsão para começar no mês de julho.

A professora Diani Bohler Piccoli, diretora do Colégio e a professora Marizete Baldin Senkovski, diretora auxiliar, agradecem e reconhecem o esforço de todos os envolvidos, para que de fato esta importante obra tivesse início, e ressaltam que esta era uma pauta prioritária esperada há anos, visto que o referido Colégio é o único estabelecimento do município que oferta Ensino Médio. Para as gestoras investimento em educação é a garantia de oportunidades para todos. “não há investimento melhor e mais garantido do que na Educação”, afirmam.

Reforçamos o compromisso e a parceria com a empresa vencedora que executará a obra e desejamos sucesso.

 

Ler 71 vezes
Entre para postar comentários
Top