Assembleia do Ciruspar aprova aumento nos repasses ao Samu
Pela primeira vez, assembleia do consórcio que administra o Samu foi realizada de forma virtual.

Da Assessoria/Amsop

As prefeituras do Sudoeste irão repassar mais recursos para a operação do Samu.

O aumento das contribuições foi aprovado durante assembleia virtual do Circuspar (Consórcio Intermunicipal da Rede de Urgências do Sudoeste do Paraná), que administra o serviço na região. Cada Município irá pagar conforme o número de habitantes e de atendimentos; o aumento foi de 20% para os valores fixos.

 

Atualmente, as prefeituras bancam quase a metade do Samu do Sudoeste e o restante dos recursos vem do Estado e da União. “Os municípios estão custeando uma parcela cada vez maior do serviço, mas isso está sendo importante para mantermos o equilíbrio financeiro do Samu e ainda ampliarmos os serviços e a qualidade do atendimento à população. O Ciruspar é um dos consórcios mais bem organizados e estruturados do País”, afirma o prefeito de Dois Vizinhos e presidente do consórcio, Raul Isotton.

 

O aumento nos repasses foi aprovado por unanimidade pela assembleia. Uma das justificativas é de que o serviço foi melhorado nos últimos anos e está sendo ampliado: em dezembro iniciou a operação de uma nova base em Itapejara D’Oeste; em outubro começa a funcionar a base de Ampére e no ano que vem será entregue uma base no município de Planalto. Todos em parceria com as prefeituras.

 

Além disso, o Ciruspar foi contemplado recentemente pelo Governo do Estado com um protocolo de medicação para as unidades de suporte básico, além do protocolo de trombolítico, medicamento utilizado no atendimento de infarto e que dissolve coágulos no sangue, reduzindo significativamente o risco de sequelas. “Essa parceria do Estado está sendo muito importante e, neste caso, será um diferencial para salvar vidas, principalmente devido ao alto custo destes medicamentos”, completa Isotton.

Ler 40 vezes
Entre para postar comentários
Top