Programa Escola Bonita já revitalizou 66% das unidades estaduais

No início do ano, a Fundepar repassou R$ 20 milhões para as escolas.

Foco é a execução de pequenos reparos, como pintura e melhorias nos espaços comuns, além de serviços de jardinagem e limpezas especializadas.

O Programa Escola Bonita, da Secretaria da Educação e do Esporte, para revitalizar a infraestrutura das unidades da rede estadual de ensino, já alcançou 66% dos 2.143 colégios estaduais de todo o Paraná. No início do ano, o Instituto Paranaense de Desenvolvimento Educacional (Fundepar), vinculado à pasta, repassou R$ 20 milhões para a revitalização das escolas, recursos que vêm sendo usados para as obras durante este período.

O programa Escola Bonita tem foco na execução de pequenos reparos na estrutura física das escolas, como pintura, melhorias nos espaços comuns, bibliotecas, laboratórios, quadras esportivas e pátios, além de serviços de jardinagem e limpezas especializadas.

Luiz Rafael Ribeiro Moço, diretor da Escola Estadual Professor Francisco Antonio de Sousa, em Apucarana, disse que a unidade que a estava há 12 anos sem pinturas e revitalizações, e as reformas foram muito bem-vindas. “Conseguimos transformar a quadra da escola, retiramos as rachaduras da arquibancada, fizemos até uma rampa de acessibilidade na entrada externa”.

AMBIENTE AGRADÁVEL - O secretário Renato Feder destaca que o programa tem como objetivo garantir um ambiente físico adequado e agradável aos estudantes e profissionais da Educação, de acordo com a necessidade de cada unidade. Por isso, os diretores têm autonomia para decidir em qual área o dinheiro será investido.

“Queremos que os alunos e os profissionais da Educação se sintam acolhidos, sintam que o ambiente é propício para a aprendizagem e também para o convívio da comunidade escolar. As escolas são ambientes de crescimento e bem-estar, e devem proporcionar isso”, explica Feder.

Para o presidente da Fundepar, Alessandro Oliveira, o trabalho em conjunto das instituições vai beneficiar principalmente o estudante da rede estadual. "O Escola Bonita é uma proposta que fortalece a importante parceria entre o Instituto Fundepar e a Secretaria da Educação para a melhoria da adequação dos nossos espaços escolares", afirma.

IMPACTO - Devido à pandemia da Covid-19, todas as obras de revitalização que deveriam ser feitas até junho tiveram seu prazo prorrogado até outubro deste ano.

O Escola Bonita surgiu em 2020 como parte do Minha Escola Sempre Nova, programa estadual de investimentos para aquisição de equipamentos, mobiliários e utensílios para as unidades.

REVITALIZADAS - O diretor do Colégio Estadual Barão de Capanema, de Prudentópolis, João Márcio Lulek, conta que a verba veio em um momento de necessidade e, após todas as reformas no colégio, a unidade educacional está pronta para receber os alunos quando as aulas presenciais voltarem.

“Nosso colégio é histórico. Precisávamos fazer uma reestruturação grande, e a verba do Escola Bonita foi muito importante para darmos início a essa revitalização”, destaca o diretor.

Ler 40 vezes
Entre para postar comentários
Top