Um homem morre de câncer de próstata a cada 38 minutos
Divulgação

O câncer de próstata, tipo mais comum entre os homens, é a causa de morte de 28,6% da população masculina que desenvolve neoplasias malignas.

No Brasil, um homem morre a cada 38 minutos devido ao câncer de próstata, segundo os dados mais recentes do Instituto Nacional do Câncer (Inca).

Em assim como o Outubro Rosa, campanha de prevenção ao câncer de mama, ontem a Associação Comercial do Paraná (ACP) lançou a campanha de prevenção ao câncer de próstata, o Novembro Azul. Depois do lançamento da campanha na ACP, houve a distribuição de máscaras azuis na Rua XV. Em outubro foram distribuídas máscaras rosas.

O Novembro Azul foi criado em 2003, na Austrália, com o objetivo de conscientizar a população masculina sobre a prevenção e diagnóstico precoce do câncer de próstata. As ações durante o mês buscam estimular os hábitos masculinos em ter mais atenção à saúde como um todo.

E a campanha se torna ainda mais importante nestes temposd e pandemia. Um levantamento realizado no HCor aponta que quatro em cada 10 homens deixaram de lado sua consulta com o urologista desde o início da pandemia. A análise compara dados de março a setembro de 2019 com o mesmo período deste ano.

A estimativa do Instituto Nacional de Câncer (Inca) é de 65,8 mil novos casos para cada ano do triênio 2020-2022 no Brasil. No entanto, segundo o urologista do HCor, Alexandre Pompeo, se diagnosticados precocemente, esses casos têm até 90% de chances de cura.

A Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) orienta que consultas periódicas devem ser feitas por todos os homens acima de 50 anos ou a partir dos 45 anos, por aqueles que apresentam fatores de risco.

Ler 59 vezes
Entre para postar comentários
Top