Sebrae/PR auxilia retomada do setor de turismo na região Sudoeste
Jéssica Zucco, de Francisco Beltrão, aplicou a certificação em Condutas Seguras no próprio casamento, em 11 de outubro/ Divulgação

Restaurantes, hotéis e empresas do segmento turístico em Francisco Beltrão e Pato Branco buscam certificação em Condutas Seguras para garantir ambiente seguro na pandemia

O setor de turismo foi um dos mais impactados com a pandemia de Covid-19. A retomada tem sido gradual e o desafio dos empresários do segmento, que inclui bares, restaurantes, hotéis, cerimonial e eventos, tem sido demonstrar aos clientes que os locais estão mais seguros. Em Francisco Beltrão e Pato Branco, o Sebrae/PR tem contribuído para esse objetivo, com o certificado em Condutas Seguras. Doze empresas já estão certificadas, 11 de Francisco Beltrão e uma de Pato Branco, e outras 14 estão em processo de certificação.

Alyne Chicocki, consultora do Sebrae/PR, conta que são realizados diagnósticos nas empresas e também o acompanhamento da implantação das melhorias necessárias para as condutas seguras.

“São 12 horas de consultorias, todas online e em horários pré-agendados. Depois, se as empresas estiverem em conformidade, recebem certificado que atesta a capacitação para a segurança dos ambientes”, explica Alyne.

Há listas específicas de itens que devem ser observados e seguidos pelos negócios de eventos, meios de hospedagem e serviços de alimentação, por exemplo.

“A diversidade de empresas e profissionais que foram impactados pela pandemia é imensa. Muitas pessoas, como cerimonialistas, equipes de fotografia e filmagem e sonorização, bufês, decoração, músicos e centros de exposição atuam no segmento. O Sebrae está trabalhando para ajudar na retomada do setor”, completa a consultora.

A empresa de organização de eventos de Jéssica Zucco, em Francisco Beltrão, é uma das certificadas em Condutas Seguras pelo Sebrae/PR. A empreendedora vê a capacitação como forma de oferecer mais segurança nos serviços oferecidos e ter o respaldo da comunidade.

“A certificação do Sebrae é uma chancela de credibilidade para as boas práticas que adotamos”, pontua Jéssica, que voltou a trabalhar com o próprio casamento, em 11 de outubro. “Todos os convidados estavam usando máscaras, tivemos a aferição de temperatura e até totem de álcool em gel. Foi o primeiro evento desde 14 de março”, conta. Jéssica ressalta ainda que o caminho é a prevenção e que as condutas seguras vieram para ficar.

Francieli Fries, gerente do Francisco Beltrão Palace Hotel, relata que a empresa já havia adotado algumas condutas internas, baseadas em planos de reabertura de outras regiões, mas que a certificação do Sebrae/PR tem como diferencial estar relacionada à realidade do Sudoeste.

“Ganhamos muitos clientes por ter essa chancela [certificação do Sebrae/PR]. Com as consultorias do Sebrae, estabelecemos todas as nossas condutas e boas práticas, o que resultou em segurança para a equipe e para os hóspedes”, revela.

A gerente informa que houve aumento de 16% no número de novos clientes, nos meses de maio a agosto deste ano. “A indicação de nossos clientes por conta das condutas seguras acabou trazendo novos hóspedes”, completa Francieli.

O Restaurante Boccata é a primeira empresa de Pato Branco a contar com a certificação de Condutas Seguras do Sebrae/PR. Laur Vedana, proprietário, ressalta que muitos dos itens exigidos na certificação já estavam contemplados na rotina do estabelecimento.

“Sou dentista e trabalho diariamente com requisitos de biossegurança, que acabei levando para o restaurante. Mas, a certificação é um programa bem completo. Quando publiquei o certificado em Condutas Seguras nas redes sociais, o número de interações foi bem maior, o que mostra que os clientes e a população estão valorizando essas iniciativas”, frisa Vedana.

Manuais
Além da certificação, o Sebrae/PR é parceiro na elaboração de Manuais de Conduta Segura para serviços de bares e restaurantes, de hospedagem e para eventos; atrativos turísticos culturais e naturais; e serviços de receptivo, agenciamento e transporte. Os materiais podem ser encontrados nas páginas do Sebrae e da Paraná Turismo, gratuitamente.

 

Ler 36 vezes
Entre para postar comentários
Top