Beltronense conquista medalha nos Jojep’s 2020
Kassiana em seu auto desafio: “me propus a subir o morro Capivari Mirim, em Campina Grande do Sul, Paraná”, disse. Crédito: arquivo pessoal.

Da assessoria/Acefb

Os Jojep’s (Jogos dos Jovens Empresários do Paraná), promovido pela Faciap Jovem, movimentou centenas de participantes entre 27 de setembro a 21 de novembro de 2020.

O evento teve como objetivo central promover a integração entre os membros de conselho e núcleos de jovens empresários do Esatdo, que compõem a Faciap Jovem, podendo incluir a participação de entidades convidadas. Neste ano, foram convidados participantes do Conselho Estadual de Jovens Empreendedores de Santa Catarina (Cejesc) e da Confederação Nacional de Jovens Empresários (Conaje). A realização dos Jojep’s foi da empresa Desafio 365.

 

O Jojep’s possui uma metodologia que busca oportunizar e incentivar seus participantes a desenvolverem hábitos saudáveis, buscando melhorar a saúde física e mental, aumentando assim a qualidade de vida e empoderando os jovens empreendedores frente aos desafios atuais. Além disso, o Jojep’s desafiou os participantes em habilidades necessárias à frente de seus negócios, tais como gestão de tempo, disciplina, foco, superação, expansão da rede de contatos e alcance de metas.

 

E Francisco Beltrão foi bem representado por integrantes do Núcleo Idea Mentes Jovens, ligado à Associação Empresarial (Acefb): Alex, Dionatan, Rafael, Juliana, Kassiana, Jean, Caio, Dionisio, Mauricio, Marcio, William, Bruna, Gabriel e a engenheira civil Kassiana Pagnoncelli Refati, que conquistou o primeiro lugar na categoria K2. Eram três categorias no total – Everest e Passeio.

 

Pela Acefb participaram Joares Ribeiro, diretor executivo da entidade, e Ronaldo Zanoni, coordenador do programa Empreender. “A Kassi levou o único prêmio que ficou no Paraná. Ficamos muito orgulhosos, pois todos os outros prêmios foram para Santa Catarina”, parabeniza Caio Brito Santos, membro do Idea.

 

“O pessoal do movimento jovem sempre aguarda ansioso o Jojep’s, porque é um projeto transformador. Nos proporciona diversos benefícios pessoais e coletivos. E novamente o Idea teve uma grande quantidade de membros que participaram. Esse ano o Jojep’s havia sido adiado em função da pandemia, porque sempre há muita interação entre os participantes. E foi reorganizado para atender as pessoas que queriam a realização do projeto”, disse Kassiana.

 

Pontuação 100%

Segundo Kassiana, para concorrer à premiação, era preciso cumprir o mínimo de pontuação em cada categoria. “Eu me inscrevi na categoria K2, tendo que concluir 90% da pontuação do Jojep’s. E conclui 100%, realizei todos os desafios propostos, e cheguei a disputa do prêmio da categoria”.

 

Mas essa história vencedora quase não acontece por conta da pandemia. Em 2019, na programação de atividades dos Jojep’s, haviam atividades físicas presenciais em parques e academias, por exemplo. “Esse ano, com toda essa insegurança, deixei de fazer atividades físicas desde março. E o Jojep’s me proporcionou a retomada dos exercícios, me empoderou a retornar. É uma competição que instiga as pessoas a melhorarem os seus hábitos. O bom que a gente percebe que é possível fazer exercícios físicos de qualidade mesmo dentro de casa. Essa volta me proporcionou a redução dos níveis de estresse, além de uma mente mais focada para ultrapassar esse período mais complicado”, explica a vencedora.

 

Premiação

A recompensa por todo o esforço foram duas diárias em um resort em Foz do Iguaçu, com acompanhante, e um curso de pós-graduação ofertado por um dos patrocinadores dos Jojep’s. “O que me deixa ainda mais feliz é poder representar a única premiação do estado do Paraná, além de poder levar o nome do núcleo Idea a mais um destaque a nível estadual”, comemora Kassi.

 

Em edições anteriores do Jojep’s, os ganhadores foram premiados com viagens para Paris (França), Buenos Aires (Argentina) e Las Vegas (EUA).

Ler 84 vezes
Entre para postar comentários
Top