Parques Estaduais mantêm restrições de funcionamento

Fechamento nos fins de semana e horário reduzido durante a semana são algumas medidas adotadas pelo IAT, conforme determinações dos governos estadual e municipais. A medida atende o objetivo de conter a disseminação do coronavírus.

Seguindo as normas de restrições contra a Covid-19, previstas no Decreto Estadual número 7230 e determinações dos municípios, o Instituto Água e Terra (IAT) segue com o fechamento das Unidades de Conservação (UCs) do Paraná que possuem visitação pública nos fins de semana e feriados. Elas podem funcionar das 10h às 17h durante a semana e com 50% da capacidade máxima.

A decisão é válida até o dia 15 de abril, seguindo a determinação do Governo do Estado como medida obrigatória de enfrentamento de emergência de saúde pública decorrente da pandemia da Covid-19.

O IAT é um órgão vinculado à Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, responsável pela gestão das UCs. São 21 parques estaduais abertos para visitação, que devem seguir as orientações da Portaria IAT nº 06/2021, publicada no início deste ano.

No caso de restrições mais rigorosas por parte das administrações municipais, o funcionamento das Unidades de Conservação deve seguir as determinações locais. O Parque Estadual de Vila Velha (Ponta Grossa), o Parque Estadual da Serra da Esperança (Guarapuava) e o Parque Estadual da Ilha do Mel (Paranaguá) são exemplos de Unidades de Conservação Estaduais com visitação suspensa devido aos decretos municipais.

O órgão ambiental alerta, ainda, que a entrada nos parques estaduais é permitida somente pelas portarias oficiais, com cadastro e uso de máscaras. A fim de evitar transtornos, é indicado que o visitante ligue com antecedência para verificar a disponibilidade de vagas. Para mais informações e contatos das unidades, acesse AQUI.

“A prática de esportes coletivos e promoção de eventos nas unidades também estão proibidos nesse momento, assim como acampamentos, fogueiras e comercialização de serviços dentro dos parques”, diz o diretor de Patrimônio Natural do IAT, Rafael Andreguetto.

CUIDADOS – O cumprimento das medidas de combate à Covid-19 é importante para manter a segurança dos visitantes e para que não haja fechamento dos parques. As equipes disponibilizarão álcool em gel, medirão a temperatura dos visitantes e devem aumentar a higienização das dependências.

Não seguir as determinações impostas pelo órgão ambiental acarreta infração ambiental prevista no Decreto Federal número 6.514/08, que dispõe sobre as infrações e sanções administrativas ao meio ambiente.

CURITIBA E RMC – Os parques estaduais de Curitiba e Região Metropolitana seguem fechados em respeito aos decretos municipais. O Caminho do Itupava, localizado no Parque Estadual Serra da Baitaca, em Piraquara e Quatro Barras, está fechado temporariamente para reformas na trilha, independente das definições de decretos municipais e estadual.

Ler 39 vezes
Entre para postar comentários
Top