Estudo revela que renda do produtor rural no Brasil vai cair 4% em 2006
A renda do produtor rural brasileiro cairá 3,99% neste ano, em relação a 2005, aponta estudo realizado pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) e a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).
Será o segundo ano consecutivo de queda de receita do setor. Em 2005, a redução foi ainda maior, atingindo 9,8%. O Cepea é um órgão da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq), da Universidade de São Paulo (USP). Na avaliação de Geraldo de Camargo Barros, coordenador científico do Cepea, a principal causa da crise de renda no campo é o câmbio. A valorização do real dificulta as exportações e provoca superoferta de produtos no mercado interno, com a conseqüente queda de preços. “Desde o Plano Real, o câmbio desfavorece as exportações, mas essa situação era compensada com ganhos de produtividade na agricultura e na produção de carnes”, afirma Barros. “A partir de 2004, o dólar despencou e ocorreram fenômenos como a seca e o recrudescimento da ferrugem da soja.” Barros prevê a partir desta safra a redução da área plantada e o agravamento de situações já verificadas em 2005, como o menor uso de insumos, principalmente adubos, agrotóxicos e sementes certificadas. PIB A crise também deverá reduzir o Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio brasileiro neste ano, prevê o estudo do Cepea. A estimativa é de um recuo de 1,91% em relação ao montante de 2005. A soma da riqueza total produzida pelo setor agropecuário deverá atingir R$ 527,38 bilhões, contra R$ 537,63 bilhões em 2005. Em valores nominais, será o menor patamar registrado em quatro anos. No ano passado, o PIB agropecuário já havia encolhido 4,66%. A projeção foi realizada com base nos dados de janeiro a maio deste ano. Na pecuária, a queda do PIB deverá ficar em 4,21%, com R$ 64,99 bilhões, contra R$ 67,84 bilhões em 2005. A agricultura deverá registrar queda de 3,81% neste ano, com um PIB de R$ 81,95 bilhões, ante R$ 85,2 bilhões no ano passado.
Ler 737 vezes
Entre para postar comentários
Top