Na Acefb, instituições financeiras agendam início das operações do SRC

Da assessoria/Acefb – O Núcleo de Cooperativas da Associação Empresarial de Francisco Beltrão (Acefb) promoveu na manhã de quinta-feira, 5 de maio, reunião com o objetivo de apresentar as estratégias do Sistema Regional de Crédito. Expectativa do SRC é de trabalhar para o crédito orientado, facilitando o acesso dos pequenos, médios e grandes negócios às linhas de financiamento.

“É um movimento que iniciou no meio da pandemia da Covid-19 a partir da movimentação das empresas em busca de crédito. Percebemos que com a união de esforços de todas as instituições financeiras [cooperativas e bancos], nós iríamos ganhar escala e força para atender esses empreendedores”, explica Elizandro “Kaxa” Ferreira, consultor de Negócios do Sebrae-PR, regional Sudoeste.

Kaxa destaca que a missão de todos os envolvidos é trabalhar com o crédito orientado por meio da corporação institucional. “Qualquer empresa pode aderir ao Sistema, seja microempreendedor individual, média ou grande empresa”.

Orientado porque será feita uma gestão financeira das empresas que aderirem ao Sistema. O empreendedor deve se perguntar, antes de contratar crédito de uma financeira: vou pegar esse recurso para quê?

“Queremos mentalizar que o crédito orientado vem para trabalhar a base do crédito antes mesmo do empreendedor tomar esse crédito numa instituição financeira, alertando esses empreendedores a fazerem um plano de investimento, aumentando a saúde financeira da empresa. A gestão financeira traz uma liberdade econômica para a organização”, completa Kaxa.

Todo o suporte do Sistema será gerido pelo Sebrae junto aos parceiros –Sociedade Garantidora de Crédito, Acefb, Ponto de Atendimento ao Empreendedor, prefeitura, Sala do Empreendedor e secretária municipal de Desenvolvimento Econômico e Tecnológico.

 

O início das operações do Sistema Regional de Crédito está programado para o dia 31 de maio em Francisco Beltrão.

“Foi um encontro riquíssimo. Para o empresário que tem a necessidade de crédito, e para que esse crédito seja saudável, tanto para capital de giro ou para investimento, creio que com o SRC possui as condições ideais para que o negócio prospere”, analisa Maicon Gasparetto, vice-coordenador do Ncoop.

*O núcleo é formado pelas cooperativas Cresol, Evolua, Uniprime, Unicred, Sicoob e Sicredi.*

Ler 80 vezes
Entre para postar comentários
Top