Bovinocultura de leite avança em Manfrinópolis
O município de Manfrinópolis, caracterizado pela topografia acidentada e solos pedregosos, tem buscado na bovinocultura leiteira o suporte para a manutenção de sua população no meio rural, gerando renda e melhoria na qualidade de vida local.
Segundo o técnico da EMATER, Marcos Paloschi, que esta atuando no município desde o ano de 1997, relata que nesta época a produção local era quase que exclusivamente para o consumo familiar e venda do excedente para compradores de queijo vindos do Paraguai que exploravam os agricultores pagando um preço irrisório pelo produto. Outro fato importante desta época foi o calote que compradores da região, que hoje nem estão mais na atividade, aplicaram nos produtores do município o que favoreceu para desestimular a atividade no local, sendo que a produção nesta época estava em torno de 1.200.000 litros/ano. O primeiro impulso para a melhoria da atividade leiteira no município foi em 1999, com o programa PRONAF infra-estrutura, onde os produtores foram dotados de maquinas e equipamentos e programa de Inseminação Artificial. Na seqüência os produtores adquiriram animais de aptidão leiteira via financiamentos do PRONAF crédito de investimento, o que propiciou um grande salto na produção. Com o aumento da produção os produtores foram organizados em associações, todas elas dotadas de tanque de expansão para reunirem e resfriar o leite produzido que é comercializado em boa parte com o lacticínio Parlak, localizado na linha Bela Vista do Encantilado. Hoje a produção anual esta girando em torno de 8.000.000 de litros, mas os desafios também são grandes, principalmente na alimentação e manejo dos animais e na qualidade do leite e para isso a assistência técnica municipal composta pela EMATER com o técnico Marcos Paloschi, Departamento Municipal de Agricultura, sob comando de Cleonir Gubertt e Casa Familiar Rural com coordenação do Médico veterinário Ricardo Cadore Farias estão trabalhando em parceria visando a capacitação dos agricultores e implementação de ações voltadas a difusão tecnológica tais como unidades demonstrativas de pastagens e de manejo e sanidade animal como o programa municipal de controle e erradicação de Brucelose e Tuberculose, que teve impulso com a inauguração do laboratório municipal construído pela atual administração do prefeito Silomar de Oliveira, e do programa municipal de unidades demonstrativas de pastagens, onde serão implantadas 15 unidades, distribuídas em locais estratégicos tendo como finalidade, a difusão tecnológica e incremento na produção leiteira dos agricultores locais.
Ler 884 vezes
Entre para postar comentários
Top