Zucchi debate Agronomia com professores, estudantes e colegas de profissão
O 2º vice-presidente da Assembléia Legislativa, deputado Augustinho Zucchi, participou de um Debate-Papo organizado pela Associação dos Engenheiros Agrônomos do Paraná-Curitiba. Ao lado do agrônomo Polan Lacki, extensionista da FAO-ONU, Zucchi trocou experiências, falou sobre sua atuação como agrônomo engajado na política e o trabalho que realizou na Secretaria de Agricultura e no IAP.
O objetivo do evento foi traçar estratégias para retomar o prestígio dos Engenheiros Agrônomos do Paraná. Agrônomo por formação e convicção, Zucchi falou de princípios básicos, como o do gosto pela profissão e da necessidade de retomar valores que vão sendo esquecidos no tempo. “Somos o que acreditamos ser. Se nós não nos valorizarmos, ninguém vai nos valorizar”, disse Zucchi, sugerindo como alternativas para Associação a reorganização da estrutura e um maior engajamento político. O parlamentar ressaltou também a contribuição do segmento rural para a agropecuária do estado, através da criação de programas importantes, como o Programa de Manejo Integrado de Solos e Águas (Pmisa) e do Paraná Rural. “Esses programas nasceram da contribuição de agrônomos, e o exemplo deve ser seguido pelos novos profissionais”, lembrou Zucchi. Participaram do debate agrônomos de empresas privadas e públicas, como a Ocepar, Emater, Iapar; o Coordenador do Curso de Agronomia da UFPR, Fukuo Morimoto; professores e comunidade acadêmica. Atuação O deputado Augustinho Zucchi formou-se em agronomia pela Universidade Federal do Paraná em 1985. Em 1982, durante a faculdade, fundou o Centro Acadêmico de Agronomia da UFPR. Em 1984 foi presidente da Casa do Estudante Luterano Universitário em Curitiba, e membro da UPE e UNE. Funcionário de carreira da Secretaria de Estado da Agricultura, foi técnico do Instituto de Terras, Cartografia e Florestas (ITCF), onde desempenhou as funções de chefe do Escritório Regional de Pato Branco, diretor de Terras e presidente. Foi chefe regional da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento em Pato Branco, de maio de 1991 a abril de 1994.
Ler 687 vezes
Entre para postar comentários
Top