Presidenciáveis intensificam mensagens no Twitter

Dejalma Cremonese
Os políticos brasileiros têm intensificado o uso da Internet em suas campanhas eleitorais.

Além do rádio e da TV, agora os candidatos utilizam com maior frequência as redes sociais como os blogs, Orkut, YouTube e, principalmente, o Twitter, para se aproximar dos mais de 35 milhões de eleitores que têm acesso à Internet no Brasil. Hoje, mais de 400 políticos no país empregam o Twitter para se comunicar com seus eleitores.
José Serra (@joseserra), candidato à Presidência da República, é o que mais tem seguidores no Twitter (são mais de 296 mil, até o dia 17/7). No quesito mensagens, antes do dia 6 de julho (início da propaganda eleitoral), o candidato postava em geral 174 mensagens por mês (uma média de 7.9 tweets por dia). Depois, dia 6 de julho, aumentou a postagem das mensagens. Foram 110 em apenas 11 dias (uma média de 10 por dia). Serra tem um horário próprio para se comunicar com seu público. O candidato twitta da meia-noite às quatro da madrugada. Nas suas palavras: “Sou veterano, mas hoje passei do horário... rs Boa noite a todos” (a hora da mensagem denunciava: 3:17 AM Jul 14th via web).
Já Marina Silva (@silva_marina), com mais de 97 mil seguidores, é a candidata que mais tem feito uso da ferramenta para se comunicar com seus eleitores. Até dia 6 de julho (início da propaganda eleitoral) a candidata postava uma média 140 mensagens por mês (7.3 tweets por dia). Após o dia 6 de julho praticamente dobrou a frequência das postagens. Foram 155 mensagens em apenas 11 dias (uma média de 14 por dia). Marina posta as mensagens frequentemente das 8 da manhã ao meio-dia. A candidata Dilma Rousseff (@dilmabr), com 116.152 seguidores, tem empregado o Twitter com menor frequência em relação aos demais candidatos. Dilma vinha com uma média de 57 mensagem por mês (2.8 por dia). Depois do dia 6 reduziu ainda mais a frequência. Postou apenas 27 mensagens desde o dia 6 de julho (uma média de 2.4 por dia). Dilma posta as mensagens com maior frequência no turno da tarde, até as 20 horas.
As mensagens dos candidatos podem ser de divulgação ou de relacionamento. Divulgação é quando o político posta mensagens mais formais, como anúncios da agenda política, geralmente utiliza a terceira pessoa e é mais impessoal. Já as mensagens de relacionamento são mais informais, quando o candidato fala de sua vida pessoal e emprega a primeira pessoa. Dilma e Marina Silva têm postado mensagens mais de divulgação (formal) do que de relacionamento (pessoal), e Serra mais de cunho de relacionamento (pessoal) do que de divulgação (formal). As postagens das mensagens no Twitter são feitas diretamente pelos autores, no caso de Serra e de Marina Silva. Já no caso da candidata Dilma, algumas mensagens são produzidas por sua equipe.
Por fim, a utilização dos mecanismos da web não garante necessariamente a vitória em um pleito, no entanto tem se mostrado um instrumento bastante eficaz para os candidatos se aproximarem de seus eleitores, bem como muito positivo para o eleitorado identificar as estratégias políticas dos candidatos.
Professor do Instituto de Sociologia e Política – ISP da UFpel – RS.
Site: www.capitalsocialsul.com.br
Twitter: @cremonese68
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Ler 535 vezes
Entre para postar comentários
Top