Mitos e verdades
Dirigir é uma atividade cercada de hábitos e regras, assim como diversas outras ações da vida.
Sejam ensinados por amigos, mecânicos, parentes ou por motoristas mais experientes, certos “macetes” são seguidos à risca pelas pessoas. No entanto, alguns cuidados não passam de mitos. Já outros devem fazer parte da rotina de quem deseja ter um bom rendimento e mais durabilidade do automóvel. Para garantir a segurança de seu bolso e de seu carro, seguem algumas dicas, elaboradas pela ProTeste (Associação Brasileira de Defesa do Consumidor). Lavar ou não o motor? Um dos mitos que rodeiam os condutores é a lavagem ou não do motor do veículo. De acordo com os especialistas, caso você use um pano umedecido ou uma escova para retirar a sujeira do motor, seu carro tem muito a ganhar. Entretanto, caso essa lavagem seja feita com água, isto pode gerar prejuízo a alguns componentes eletrônicos. Se você resolver limpar com um pano, mas utilizar algum produto extra, como óleo de mamona, por exemplo, estará ajudando no desgaste das partes de borracha de seu automóvel. Embreagem e freio de mão Muitos motoristas têm o hábito de pisar na embreagem antes de ligar o motor do veículo. E eles estão certos, pois quando a embreagem é acionada, a carga no volante do motor é aliviada no momento em que a chave é girada. Outro detalhe benéfico para seu possante é acionar a embreagem ao passar por um buraco, o que garante que a caixa de câmbio fique mais protegida do impacto causado. Outra dica é pisar na embreagem quando você avistar um buraco, mas não conseguir parar, o que garantirá que a pancada não atinja diretamente o carro. Um dos maiores desconfortos dos condutores é estacionar em subidas, uma vez que o automóvel pode descer e causar graves acidentes. Para garantir a segurança de todos, é preciso puxar o freio de mão, deixar o carro engatado e travar a direção para o meio-fio, o que garante que o veículo não desça a ladeira. Gasolina aditivada e pisca-alerta Uma das maiores dúvidas de quem quer garantir um bom desempenho do veículo é em relação ao uso de gasolina aditivada. Segundo especialistas, em alguns casos, ela pode melhorar, sim, o desempenho do carro. Entretanto, para alguns automóveis, o uso do combustível poderá representar apenas um gasto a mais. Por conta disso, é muito importante consultar o manual do automóvel e utilizar apenas o combustível recomendado. Outro mito é em relação ao uso do pisca-alerta na neblina. Caso você se veja nesta situação, o recomendável é diminuir a velocidade e ligar os faróis baixos ou de neblina. O uso do pisca-alerta só é recomendado nestes casos enquanto o motorista está parado, nunca com o carro em movimento. Chaves eletrônicas e alarme Muitas pessoas acreditam que seus carros podem ser abertos com o código eletrônico de outra chave, o que não é verdade. Isto porque as chaves eletrônicas possuem códigos que são alterados a cada acionamento, sendo praticamente impossível que duas chaves tenham a mesma combinação. Em relação ao alarme, uma dúvida muito comum entre os condutores é se a bateria do veículo pode ser descarregada caso ele dispare e não seja desligado. E a resposta é positiva, pois o alarme, caso não seja desligado, continua soando até que toda a carga da bateria seja consumida.
Ler 575 vezes
Entre para postar comentários
Top