Nova S-10 - Briga de gente grande
Para acirrar mais a briga no segmento de picapes médias, a General Motors lançou a terceira geração da família S-10 (ao todo, são 19 configurações, com cabines dupla e simples, motor a gasolina ou diesel, e tração 4X2 ou 4X4), que começa a ser vendida amanhã em todo o país. A picape sofreu pequenas mudanças visuais, ganhou novas versões de acabamento e motor eletrônico.
. A introdução deste novo propulsor é exigência da legislação Conama 272 (Euro III), que determina redução de emissão de poluentes por modelos movidos à diesel em todos os veículos produzidos a partir de janeiro de 2006. A Ford, Toyota e mais recentemente a Nissan já estavam oferecendo o motor eletrônico. A Mitsubishi L 200 e a Troller Pantanal chegam em setembro. A principal mudança da nova S-10 está na dianteira, com a introdução de nova grade. Agora, o recurso ganhou uma cobertura com formato de colméia e dois frisos, que formam uma cruz. Há ainda uma entrada de ar para o motor eletrônico, localizada sobre o capô. Os faróis também passaram por uma leve reforma, mas apenas para a versão Executive. Agora, eles trazem lente transparente e máscara escura. Na traseira, a marca introduziu um adesivo com a inscrição “Chevrolet”. Além disso, a picape utiliza novos amortecedores na cor amarela, rodas pretas em todas as versões e bagageiro no teto. No interior o grafismo e a moldura dos painéis de instrumentos são novos. Nas versões Colina e Tornado receberam inovações nos tecidos dos bancos e painéis da porta. Quanto aos preços, as linhas Colina, Tornado e Executive, mantiveram o mesmo com relação ao modelo 2005, sem ter alteração. As versões especiais S10 Advantage (cabine dupla, gasolina, 4X2), S10 Rodeio e Blazer Advantage vêm com os preços de R$ 49.990, R$ 86.937 e 56.117, respectivamente. A linha Advantage representa os valores de entrada da linha enquanto as versões S10 Executive R$ 97.693 e Blazer Executive R$ 122.339, são as mais caras dela. Sobre o capô, a nova geração da S-10 traz agora o motor 2.8 diesel eletrônico, dotado de turbo e intercooler, que está mais forte e econômico. A potência, que era de 132 cavalos na motorização mecânica, subiu para 140 cavalos, enquanto o torque ficou em 34,7 kgfm entre 1.800 rpm e 2.400 rpm. Segundo informações da GM, estes números são suficientes para levar a S-10 de 0 a 100 km/h em 12,8 segundos e a velocidade máxima é de 173 km/h. E o consumo médio é de 13,5 km/l, ainda segundo a GM. Números * A GM também lançou a Blazer com motor 2.8 eletrônico. Na versão Executive, tope de linha, o utilitário esportivo custa a partir de R$ 122.339. * A GM espera vender 1.600 unidades por mês da picape S-10 e voltar para a liderança do segmento, atualmente em poder da Toyota Hilux. * A nova série especial da S-10, a Rodeio, que terá inicialmente apenas mil unidades, custa a partir de R$ 86.937 e trará itens diferenciados
Ler 794 vezes
Entre para postar comentários
Top