Educação - Jornal Novo Tempo

Paris - O Brasil tem o segundo maior número de estudantes com baixa performance em matemática básica, ciências e leitura em uma lista de 64 países de todo o mundo.

Aulas da rede municipal serão retomadas após o Carnaval

Da assessoria
A Secretaria de Educação de Francisco Beltrão já definiu o calendário letivo para este ano. As aulas da rede municipal reiniciam no dia 11 de fevereiro para os alunos de centros e educação infantil e no dia 15 para alunos de escolas.

O Ministério da Educação estuda acionar a Justiça para conseguir receber o pagamento de 47% dos estudantes beneficiados pelo Fies que não estão em dia com o programa.

Dez cursos de Direito do Paraná recebem selo de qualidade

Cerca de 10% dos 1.266 cursos de Direito do Brasil receberam o reconhecimento

Senador propõe cobrança em universidade federal

Proposta prevê que estudante cuja família tenha renda igual ou superior a 30 salários mínimos pague mensalidade para estudar em instituições federais

Aulas na rede estadual de ensino começam no dia 29

Os cerca de um milhão de estudantes da rede estadual de ensino retomam no dia 29 as aulas do ano letivo de 2016.

Criado em 2009 pelo Ministério da Educação (MEC), o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) reformulou o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) ao usar suas notas para ingresso em institutos de tecnologia e universidades públicas.

A administração municipal de Santa Izabel do Oeste, juntamente com a Secretaria Municipal da Educação e as Escolas: Escola Rural Municipal Machado de Assis, Escola Rural Municipal Elizino Tolomeotti, Escola Rural Municipal Princesa Isabel, Escola Rural Municipal D. Pedro I, Escola Rural Municipal Santa Terezinha, Escola Municipal Bruno Santin, Escola Municipal Joaninha C.F.Secheni, CMEI – Laura Itelvina Gonçalves, CMEI – Caminhos do Saber realizaram a tradicional Formatura dos alunos da Pré-Escola.

A comunidade acadêmica da UNILA ganhou mais dois laboratórios multidisciplinares na unidade do Parque Tecnológico Itaipu (PTI), para o atendimento às disciplinas relacionadas às áreas de Física e Química.

O uso de plantas medicinais para cura e tratamento de doenças acompanha as sociedades humanas há muito tempo. E para contribuir com esse conhecimento popular, a fim de levar mais esclarecimentos e possibilitar o acesso ao conhecimento científico, a Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) - Campus Realeza promoveu um ciclo de palestras sobre o tema. A atividade faz parte de um projeto de extensão do curso de licenciatura em Química.

O ciclo envolveu a participação de agentes comunitários de saúde e integrantes do Núcleo de Apoio à Saúde Familiar, de Santa Izabel do Oeste.

Página 10 de 80
Top