Geral - Jornal Novo Tempo
“No sábado, dia 03 de maio, o Rotary Club, Rorataract Club, Famper representada pela professora Luciana Pinheiro e alunos do Curso de Serviço Social realizaram a Campanha do Agasalho 2008, com a coleta de roupas, calçados e cobertores para distribuição às famílias carentes de Ampére, através do Bazar Solidário a ser realizado na Famper - Faculdade de Ampére, dia 17 de maio e APMI.
A Comissão Organizadora do evento agradece a todas as pessoas que colaboraram com as doações, à Radio Ampére pela divulgação e a todos os colaboradores envolvidos na campanha”. Ademir Marangoni, Márcio Biasi, Luciana Pinheiro, respectivamente, Presidente do Rotary Club, Presidente do Rotaract Club e Professora da Famper.
Na sexta-feira, 25, no Clube do Idoso de Pinhal de São Bento aconteceu a solenidade de início das aulas das novas turmas do Programa Paraná Alfabetizado que tem por objetivo superar o analfabetismo no Etado.
Pinhal de São Bento possuía em 2005, um índice acima da média do Estado.
 Cerca de 20% da população não sabia ler, nem escrever. Segundo a secretária de Educação do município, Lenir Hanck, o município teve o privilégio, apesar de nós não ficarmos muito contentes com os índices, mas de ser escolhido em 2005, um dos municípios para superar o analfabetismo absoluto. Abraçamos a causa em parceria com o Núcleo Regional de Educação, governo do Estado e prefeitura municipal. Os resultados são muito bons. Recuperamos a auto-estima de muitas pessoas e percebemos uma grande mudança de valores na comunidade.
O programa implantado no município em 2005, contava com a presença de 240 alunos na escola. Em 2006, na continuação do projeto, foi mantido esse número aumentado com uma turma do EJA (Educação de Jovens e Adultos), alunos que já haviam passado por uma turma do Paraná alfabetizado e continuaram os estudos pelo EJA.
O prefeito Jaime Carniel relata os questionamentos iniciais quando assumiu o município. “Me perguntava sobre o futuro do município. Os índices não eram animadores, pois sabia que para o completo desenvolvimento, era necessário dar condições básicas de entendimento para a população e não poderíamos deixar de lado as pessoas que não sabiam ler e escrever. “Iniciamos com firmeza um trabalho de inclusão. Trabalhamos mudanças em todos os níveis de educação, dentre eles, a implantação do café da manhã para os alunos, pois muitos vinham para a escola sem se alimentar e até a chegada do recreio, tinham pouco aproveitamento no aprendizado. Depois, buscamos integrar os jovens e adultos. A maior preocupação era colocá-los no mercado de trabalho, mas para isso, tínhamos que buscar pessoas que tinham um pouco de conhecimento para desenvolver as tarefas nas empresas e nas propriedades. O Programa Paraná Alfabetizado e o EJA estão fazendo esta parte. A administração municipal investiu e continua investindo nas pessoas, pois entendemos que elas são a peça mais importante do nosso desenvolvimento. Estudar, aprender a ler e a escrever, conhecer os “por quês” das coisas, questionar, discutir, dar sugestões, são princípios básicos do desenvolvimento. Foi nisso que apostamos e percebemos as pessoas, as famílias, a comunidade pinhalense mais feliz. Ao vencermos o analfabetismo, teremos mais qualidade de vida e mais capacidade de desenvolvimento. Graças a Deus, às parcerias e à voluntariedade de pessoas que se dedicam em ensinar, estamos vencendo o analfabetismo e incluindo as pessoas no processo do conhecimento”, disse o prefeito Jaime.
Pinhal de São Bento era um dos maiores índices de analfabetismo do Estado, com 20.44% da população. A meta estabelecida pela administração era de chegar ao final de 2008 com um índice de no máximo 4%. O resultado é extraordinário e hoje, o índice é de 1,07%. “O analfabetismo está quase erradicado, acreditamos que com essas turmas cheguemos a praticamente a zero.É isso que nós queremos. Lutamos bastante para isso e também investimos bastante em educação, para trazer os analfabetos para a escola e deu resultado”, completa Carniel.
As pessoas que freqüentam o programa Paraná alfabetizado em sua maioria têm mais de 40 anos. O interesse em participar, em marcar a presença na sala de aula e em realizar tarefas escolar é surpreendente. Isso tem motivado os alunos e promovido bons resultados nas comunidades.
Os grupos de alunos estão concentrados na sede do município e também nas comunidades com maior índice de analfabetismo. A meta estabelecida em 2005 foi praticamente cumprida destaca Paulo Fiorese, coordenador do Programa Paraná Alfabetizado. “Nós que fazemos a coordenação do programa, temos sentido bastante a responsabilidade porque um município com um índice tão elevado, dificultava as ações. Mas quando o povo participa mais, coopera muito mais, o município todo sai ganhando. Não acredito que o analfabetismo chegue a zero no município, porque os alunos bem do interior ainda tem bastante resistência a participar, mas estivemos em todos os cantos do município em busca destes alunos. Os nossos professores participaram e espero que chegue em no máximo 1% o nível de analfabetismo, no final deste ano”.

O Departamento Municipal de Esportes de Bela Vista da Caroba está realizando o Campeonato de Canastra, categoria individual.
Se inscreveram para a competição, 30 jogadores que disputarão os jogos todas as terças-feiras, no Pavilhão da Capela Santo Antão. Serão premiados com valores em
dinheiro, mais troféus, os
 três primeiros colocados

Na quarta-feira, 09, o Sebrae/Paraná e o Sistema Fecomércio lançaram em Realeza o programa VarejoMais, mais vendas, mais competitividade edição de 2008.

 O objetivo central do programa é melhorar a competitividade das empresas varejistas paranaenses. O ano de 2008 traz novidades no programa que é uma nova modalidade criada para levar soluções a municípios de pequeno porte como Realeza: essa nova modalidade foi intitulada VarejoMais em Ação.
Os empresários de Realeza, Ampére e Santa Izabel do Oeste foram prestigiados pela presença de Ciro Conte Chioqueta, conselheiro do Sesc/Paraná e vice-presidente do Sindicomércio de Pato Branco e região representando também o presidente do sistema Fecomércio Sesc/Senac, Darci Piana, Elisson Marques (SENAC), Neri Schneider (SESC), César Giovani Gonçalves (consultor do Sebrae/PR), Leodir Balena (presidente da ACIAR) e Carlos Padova (ACESIO). O palestrante Nereu Mattiello, professor, consultor de marketing, credenciado ao Sebrae com vasta experiência em vendas proferiu a palestra com o tema Motivação em Vendas.
O projeto do VarejoMais em ação tem por objetivo fortalecer as vendas no varejo e a economia de Realeza, fazendo com que o comércio local se torne tão atrativo que a população invista e faça compras no próprio município sem precisar se deslocar para centros comerciais maiores.
 Cerca de 30 empresas vão participar do VarejoMais em Ação, em Realeza.  Na realização do projeto existem vários parceiros como a Associação Comercial de Realeza (Aciar), Prefeitura Municipal, Secretaria de Industria e Comércio de Realeza, Sindicato do Comércio Varejista de Pato Branco e região.
Os empresários inscritos no VarejoMais participarão de encontros até o mês de novembro de 2008, recebendo palestras, seminários e todo o treinamento para dividir experiências e multiplicar conhecimentos para somar vendas.

No sábado, 29, foi realizada a eleição para escolha dos novos conselheiros tutelares, quando foram eleitos cinco conselheiros e dois suplentes. Compareceram para votar 1.764 eleitores, dos quais, três votaram em branco e 17 anularam os seus votos.


Quatro urnas foram colocadas à disposição dos eleitores, duas na Escola Municipal Antonio Perón, uma na Escola Estudante Luiz José Penso Baggio do Bairro Olaria e um na Escola Carmelo Scotton do Bairro Itaipu. A primeira colocada foi Silvana Maria Ferreira, com 381 votos. Em seguida, Jane Dalcortivo com 326, Cassemiro Holek 225, Tânia Manfredini 206 e Maria Bassaneze com 135 votos Além dos cinco primeiros colocados, foram eleitos os suplentes, Julia da Souza com 119 votos e Sivonei Ferreira Aguiar com 116 votos. Outros candidatos que também receberam votos. Lorizete Neves Bernardi recebeu 99 votos, Alva Rosseto 79 e Genir Fachinello 58. A presidente do Conselho da Criança e do Adolescente Maria da Silva considerou que a participação foi boa. Ela agradeceu os eleitores, os candidatos e todos aqueles que colaboraram com o pleito eleitoral. A posse do novo Conselho está marcada para o dia 7 abril ás 8h30 na APMI.

Neste dia, serão homenageados deputados, secretário de Estado e o vice-governador
A Cooperativa de Leite da Agricultura Familiar (Claf) de Pérola D’Oeste realizou dia 12 de março, a assembléia ordinária para tratar de assuntos relacionados à Cooperativa contando com a presença do presidente da Cooperativa, Claudir Sirota, do presidente da Câmara Muniocipal, Ronildo Lang , de vereadores, do presidente da Sisclaf, Francisco Pereira da Silva e demais representantes da agricultura familiar como o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Elizandro Paulo Krajczky, do presidente do Cresol, Vilson Camargo e o presidente da Casa Familiar Rural, Paulo Czekalski.
A regionalização do turismo vem acontecendo em nossa região, principalmente aqui no Sudoeste já há três anos, e de acordo com Vânia Maria Brescovici Badke, como o turismo é exige um processo lento, e a reunião realizada em Capanema recentemente, foi mais para esclarecimento sobre uma nova modalidade, que está se expandindo muito, que são as caminhadas ecológicas, também chamadas de caminhadas na natureza.
Família Kieskoski e comunidade izabelense buscam pessoas compatíveis
Top