O Brasil arrecada, anualmente, R$ 3 bilhões em multas de trânsito aplicadas nas vias urbanas e nas rodovias. Esse valor tem crescido cerca de 7% a cada ano - o mesmo percentual de aumento da frota de veículos no país. “É um valor que vem subindo. Como o valor da multa é de R$ 90 em média, a União, estados e municípios aplicam mais de 32 milhões de multas por ano, para uma frota de 40 milhões de veículos, o que é um número elevado”, disse o diretor do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), Alfredo Peres.
O Estado gasta R$ 28 bilhões com acidentes de trânsito no Brasil, segundo dados estimados pela Associação Nacional de Transportes Públicos (ANTP). Esses gastos vão desde o atendimento à vítima do acidente, a entrada em hospitais até o afastamento do trabalho.
A idéia partiu do americano Jerry Nickel, um morador da pacata cidade de Apache Junction, no Arizona (EUA).
A febre das motos americanas personalizadas contamina os brasileiros.
Há oito anos, entrou em vigor o Novo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), que estabeleceu novas regras para o trânsito no Brasil.
Massacre em duas estradas brasileiras entre as noites de 21 e 22 de janeiro: 43 mortos (morreram no local do acidente) e 27 feridos, dos quais cinco em estado grave (mais 3 mortes após serem socorridos).
Foi implantando definitivamente desde segunda-feira (13) o novo sistema de habilitação que traz a obrigatoriedade do curso de atualização de Primeiros Socorros e Direção Defensiva para renovar a carteira de habilitação.
Foi implantando definitivamente desde segunda-feira (13) o novo sistema de habilitação que traz a obrigatoriedade do curso de atualização de Primeiros Socorros e Direção Defensiva para renovar a carteira de habilitação. A exigência do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), por meio das Resoluções nº 168/169, vale para os motoristas habilitados antes de 1998. Com o novo sistema, o motorista que precisar renovar a habilitação terá que optar por freqüentar 15 horas de aula num Centro de Formação de Condutores de sua escolha ou agendar a prova com 30 questões no Detran/PR.
Este será o último ano que os paranaenses poderão viajar pelas estradas que ligam ao litoral do estado sem precisar pagar. Os dois caminhos alternativos ao pedágio da BR-277 - a BR-376 e a BR-116, que dão acesso à Estrada da Graciosa - devem ser pedagiados até o início de 2007. Na BR-376, que liga o Paraná a Santa Catarina, serão duas praças de pedágios até a entrada da Estrada de Garuva, caminho obrigatório para quem vai a Guaratuba. Na BR-116, uma praça de pedágio deve ser instalada cerca de dois quilômetros antes do acesso à Estrada da Graciosa para quem se dirige de Curitiba ao litoral.
Chevrolet não competirá no Brasileiro de 2006 Atual campeã do Rally dos Sertões e vice-campeã brasileira, a equipe Chevrolet de rali não irá participar do Campeonato Brasileiro de Rali Cross-country na temporada 2006. As S10 oficiais irão competir apenas no Campeonato Paulista e no Rally dos Sertões - que deixa de fazer parte do brasileiro esse ano.
Página 19 de 26
Top