Fonte: UOL Notícias

Para conter o recente avanço de crimes, moradores de Marselha, a segunda maior cidade da França, fizeram um abaixo-assinado para chamar a ajuda do Batman. Segundo os idealizadores da petição "Un Batman pour Marseille" (Um Batman Por Marselha, em francês), somente o homem-morcego pode acabar com o crime na cidade, já que os políticos locais pouco se importam com o tema.

Estima-se que entre 10 e 12% das pessoas sejam canhotas. Mas mesmo com esse expressivo número, aqueles com mais habilidade na mão esquerda sofrem para se encaixar em um mundo 'feito' por e para destros. Para aumentar a conscientização sobre suas dificuldades.

Você lembra os seus sonhos? Isso pode significar que você é mais atento ao que está ao seu redor quando está desperto.

De acordo com neurocientistas há até uma relação entre o uso dessas substâncias e uma menor ocorrência de doenças mentais.

Nem música clássica, nem palavras cruzadas: neurocientista diz que atividades para o corpo é que melhoram a capacidade cerebral.

Pesquisa revela que jovens com Q.I. mais alto têm maior probabilidade de fazer uso de substâncias ilícitas - entenda.

Pesquisadora entra em grupo amador de canto e escreve livro para provar, com fundamento científico, porque soltar a voz faz bem.

Dispositivo também prevê incentivos fiscais para empresas que adotarem mesmas políticas

 

Fonte: Pragmatismo Político

 

A Câmara de Deputados do Uruguai aprovou em 08/08/13 a Lei de Ações Afirmativas para a população afrodescendente, pela qual o Estado deverá reservar 8% das vagas em concursos públicos. As informações são do jornal El Observador.

 

Também está prevista uma quota nas magistraturas outorgadas pelo Ministério de Educação e Cultura para estudantes afrodescendentes que pretendam fazer cursos de pós-graduação no exterior.

 

O texto também estabelece incentivos fiscais para empresas que estabeleçam quotas para afrodescendentes e fomenta a participação dessa parcela da população em cursos de formação profissionalizantes.

 

“Trata-se de uma lei que, em primeiro lugar, se baseia no reconhecimento do tráfico de escravos como um crime contra a humanidade que se propõe a começar essa reparação através de ações afirmativas (…) com o objetivo de reintegrar a população afrodescendente”, explicou Andrés Scagliola, diretor da Secretaria Macro de Políticas Sociais do Mides (Ministério de Desenvolvimento Social).

 

Segundo o dirigente, a intenção do governo é, no futuro, aumentar esse percentual, ou seja, a quota de 8% ainda pode ser reajustada para cima.

Após a aprovação, a lei terá 90 dias para ser regulamentada pelo MEC (Ministério da Educação e Cultura), o Mides e o Ministério do Trabalho.

 

“É uma lei que abre um caminho para as ações afirmativas no Uruguai em relação à diversidade étnica e racial. Sabemos que existem diferenças significativas entre a maior parcela da população e a parcela afrodescendente em relação a nível de pobreza, acesso a empregos de qualidade, acesso à seguridade social e educação. Por isso, posso dizer que hoje é um dia histórico”, disse Scagliola, que acompanhou a votação.

Fonte: Agência Brasil

Há 350 milhões de anos o planeta Terra enfrentava mudanças climáticas semelhantes às vividas atualmente, disse o pesquisador alemão Ulrich Glasmacher, da Universidade de Heidelberg. "(Mudanças climáticas) não são fenômenos novos na história.

Veja como garantir a diversão da família toda na comemoração da data

Página 6 de 19
Top