Completamente Nublado

28°C

Previsão do Tempo

Completamente Nublado

Umidade: 62%

Vento: 11.27 km/h

  • 20 Out 2014

    Completamente Nublado 25°C 17°C

  • 21 Out 2014

    Parcialmente Nublado 30°C 17°C

Copa Sem Estresse - Dicas para driblar o medo de fogos e outros barulhos

Copa Sem Estresse - Dicas para driblar o medo de fogos e outros barulhos Getty Images

O Brasil é palco de um dos principais eventos esportivos do planeta:

A Copa do Mundo! Mas, por mais excitante que o campeonato seja, para alguns pets, toda essa festa, regada a rojões e barulhos, pode ser bem estressante. O especialista em comportamento animal Alexandre Rossi e a Cão Cidadão lançaram, no início do mês, a campanha 'Copa Sem Estresse' nas redes sociais para ajudar e melhorar o comportamento dos pets que têm medo de fogos e outros barulhos.

Barulhos altos podem significar perigo e, por instinto de preservação, muitos cachorros tentam fugir da ameaça. Os antepassados dos cães que mais fugiram desses sons foram os que mais tiveram chances de sobrevivência e reprodução.

Veja algumas dicas para deixar seu cão mais tranquilo.

Bexiga. Dias antes dos jogos, você pode estourar uma bexiga e incentivar o animal a comemorar, batendo palmas e festejando com ele. Quando ele começar a gostar da brincadeira, aumente o número de bexigas, para ele perseguir e estourar.Se ele assustar, tente estourar a bexiga o mais afastado possível, para que ele fique tranquilo, e vá aproximando gradualmente os estouros, até chegar ao mesmo cômodo.No dia da partida, fique preparado com balões e, na hora que os fogos começarem, pronto! Hora da brincadeira! O cão começará a associar os fogos a uma comemoração.

Outra dica é usar biribinhas. Neste caso, já comece estourando em um cômodo mais distante e associe o barulho a coisas positivas. Aumente gradativamente as biribinhas e, quando o cão estiver mais tranquilo, vá aproximando o local do estouro bem devagar.Você também pode gravar sons de fogos e reproduzi-los em momentos agradáveis, gradativamente. Paciência e sensibilidade são fundamentais! Comemore a cada progresso.

Durante as comemorações, permita que o cão tenha acesso livre a um local em que ele se sinta seguro.Você também pode deixá-lo em um quarto que isole, de alguma maneira, os barulhos. Deixar o rádio ou a TV ligada para abafar o som dos fogos também é uma boa dica.

Atenção aos quintais e varandas: o medo pode levar o animal a tentar fugir, escalar portões ou a pular de lugares altos. Evite acidentes! Também é importante deixar o pet identificado.

Tampões de ouvido. Uma alternativa paliativa, que pode ajudar a amenizar o problema, é colocar algodão nos ouvidos do cão. Mas, além do risco de incomodar o animal, a técnica só funciona para aqueles que ficam com medo por causa do barulho alto, sem a associação com fogos.

Carinho e atenção. Com os barulhos estrondosos, é natural que o pet busque o conforto do dono. Mas, tenha cuidado, pois algumas formas de fazer carinho, mostrar compaixão ou sofrer junto com ele podem significar para o animal que você também está preocupado, reforçando o medo.Tente dar atenção de forma calma para o seu cão. Muitos deles já ficam mais relaxados de ficarem apenas encostados no dono. Transforme o momento em uma brincadeira, procurando associar os fogos a uma situação prazerosa!

Ajuda de um profissional. Em casos mais graves, os donos de pets podem recorrer a medicamentos. Para isso, é preciso consultar um veterinário e fazer uma avaliação do caso. Um especialista em comportamento animal também pode ajudar a minimizar o estresse do bichinho. Conte com o suporte da Cão Cidadão!

 

Por Cão Cidadão - br.noticias.yahoo.com

Entre para postar comentários

JNT no Facebook

Lock full review www.8betting.co.uk 888 Bookmaker

2014 - Todos os Direitos Reservados - Jornal Novo Tempo - Jonikaites & Jonikaites LTDA ME

Register

User Registration