Saúde - Jornal Novo Tempo

Fundamental para auxiliar no diagnóstico precoce de doenças metabólicas, genéticas e infecciosas, o teste do pezinho é obrigatório no Brasil desde 1990.

Secretaria estadual da Saúde informa em boletim desta sexta-feira (4) que o Estado soma agora 1.105.641 diagnósticos e 26.811 óbitos. Há 2.916 pacientes com diagnóstico confirmados internados. Outros 3.140 pacientes, também internados, aguardam resultados dos exames.

São doses da vacina Covishield, produzidas pela parceria entre Fiocruz/AstraZeneca/Universidade de Oxford, que seguem para o Interior nesta sexta-feira (4). Também serão enviadas cerca de 190 mil unidades de medicamentos para intubação de pacientes internados em UTI.

Desde o início da vacinação contra a Covid-19 no Brasil, o Paraná recebeu 5.295.190 vacinas encaminhadas pelo Ministério da Saúde.

O deputado Michele Caputo (PSDB), coordenador da Frente Parlamentar do Coronavírus da Assembleia Legislativa do Paraná, destacou, na sexta-feira (30), a mobilização da Frente Nacional de Prefeitos (FNP) pela vacinação contra a Covid-19 por critério de idade decrescente, a partir dos 59, independente de comorbidade ou não.

A vacinação contra a Covid-19 já pode estar trazendo resultados práticos na queda da mortalidade de pessoas idosas no Paraná.

Em razão do aumento do contágio da Covid-19 no Paraná, o Governo do Estado publicou nesta segunda-feira (17) o decreto 7.672/21, que amplia as medidas restritivas de enfrentamento da pandemia.

De acordo com o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), o Paraná conta com 113.794 profissionais, sendo 29.220 enfermeiros, 51.514 técnicos de enfermagem e 23.058 auxiliares de enfermagem. Muitos estão na linha de frente de enfrentamento ao coronavírus.

Os trabalhadores da Educação do Paraná já começaram a receber a primeira dose da vacina contra a Covid-19.

Página 11 de 125
Top